13 janeiro 2022

UM APAGÃO ÉTICO E MORAL NO MEIO EVANGÉLICO

 

UM APAGÃO ÉTICO E MORAL NO MEIO EVANGÉLICO

Não nos cora mais o rosto de vergonha quando escutamos ou presenciamos escândalos em nosso meio. Tornou-se comum a insensibilidade moral e ética no meio evangélico. Toda sorte de absurdos são tolerados em nome do amor, como se Deus rebaixasse seu nível para se adequar aos nossos fracassos. Cristo desceu uma vez para elevar o homem às regiões celestiais. Mas em nome do oportunismo, ganância, vaidade e outros codinomes abrimos mão da justiça, ética e moral para sermos aceitos no mundo e obtermos toda sorte de sucesso sem nos importarmos com as consequências.

A igreja está anestesiada pelo veneno do mundanismo e reage com lassidão diante dos descalabros presentes. Não incomoda mais ao cristão seu pastor ter caído em adultério com alguém de dentro ou fora da comunidade. O pensamento é que ele é homem de Deus e como homem pode fraquejar. Mas homem de Deus faz como Paulo fazia consigo mesmo:

Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado”. I Cor. 9:27.

Homem de Deus evita o pecado e foge dele. Mas algumas lideranças flertam com o pecado e andam no limite como Sansão andou. Sabemos o resultado de andar no limite na vida de Sanção. A igreja deveria agir duramente contra tais comportamentos e excluir de seu rol de membros pastores adúlteros. São pessoas descompromissadas com Deus que os chamou. Pessoas hedonistas e petulantes. Agora virou tendência o pastor pecar e continuar na mesma igreja pastoreando como se nada tivesse acontecido. Isso é uma vergonha.

Lideranças que demonstram um modo de vida nababesco como se isso fosse sinal das bênçãos de Deus.

Ver imagem em tamanho grande



Frederick Price


Literalmente veja o que disse Frederick Price, pastor norte-americano:

Estou com 25 milhões de dólares na minha conta bancária, e devo esclarecer que não tenho dívidas. Eu vivo em uma mansão, tenho o meu próprio iate de 6 milhões de dólares, tenho o meu avião privado e um helicóptero, 7 automóveis de luxo para que eu nunca tenha que conduzir o mesmo carro por mais de uma hora e tudo isso porque sigo a Cristo”.

Baseado nesse estilo de vida temos no Brasil apóstolos e tele-evangelistas buscando o mesmo. Um apóstolo megalomaníaco comprou um avião, Um tele-evangelista colocou como alvo de oração há alguns anos um avião. Tudo isso em nome de uma espiritualidade doentia e descabida. Tudo isso vem com roupagem espiritual e com frases bombásticas como: “filho de Deus come o melhor desta terra”, “estamos saindo do natural e entrando no sobrenatural”, “o mover de Deus para os últimos dias...”. Querem com isso induzir o povo evangélico a crer que terão tudo nesta vida e as privações são para uma casta inferior de cristãos. Estes introduzem literaturas destes lobos em nosso meio como tem feito a Editora Central Gospel ao jogar no mercado evangélico os livros de Price sobre a fé. Mas a Palavra aponta para outra direção. Mostra-nos para um estilo de vida simples e vigoroso, não dado às fábulas e especulações que em nada edificam. Tais comportamentos e dizeres anestesiam as mentes e consciências iludindo inteiramente aqueles que crêem.

Há pouco tempo um outro apóstolo e sua esposa uma bispa foram presos tentando entrar nos EUA com dólares escondidos em uma bíblia. Acharam que Deus encobertaria seus erros. Ficaram presos como demonstração que esse tipo de comportamento é passível de punição. O que mais estranha é que a liderança da Renascer e seus fieis acharam que era perseguição dos inimigos. Que o apóstolo não havia errado em nada e aceitaram normalmente tal episódio como fato corriqueiro. E para culminar o apóstolo ainda entregou uma palavra profética para 2009 como palavra de Deus.

Veja abaixo o quadro do patrimônio (Dezembro 2006) deste casal publicado no blog do Jornalista Paulo Roberto Lopes – SP (http://e-paulopes.blogspot.com/2006/12/bispa-sonia-e-apstolo-estevam-da.html)













O que dizer dos deputados evangélicos que foram flagrados na CPI dos Sangues Sugas? Qual a defesa para os deputados evangélicos apanhados de calças curtas no escândalo das passagens aéreas usadas irregularmente? O que dizer dos bispos e pastores desnudados pelo mensalão?

Vivemos um apagão moral e ético em nosso meio. Isso avilta o nome de Cristo e envergonha aqueles que batalham duramente para manter um testemunho digno do Senhor Jesus. A igreja, nos dizeres de Martin Luther King, deveria ser a consciência da sociedade. Mas parece que grande parte dessa consciência esta cauterizada e é imprópria para uso. Precisamos urgentemente atentar para a chamada do profeta Joel 1:13-15; 2:12-17

13 Cingi-vos e lamentai-vos, sacerdotes; gemei, ministros do altar; entrai e passai a noite vestidos de saco, ministros do meu Deus; porque a oferta de alimentos, e a libação, foram cortadas da casa de vosso Deus. 14 Santificai um jejum, convocai uma assembléia solene, congregai os anciãos, e todos os moradores desta terra, na casa do SENHOR vosso Deus, e clamai ao SENHOR. 15 Ai do dia! Porque o dia do SENHOR está perto, e virá como uma assolação do Todo-Poderoso”...

12 Ainda assim, agora mesmo diz o SENHOR: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. 13 E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal. 14 Quem sabe se não se voltará e se arrependerá, e deixará após si uma bênção, em oferta de alimentos e libação para o SENHOR vosso Deus? 15 Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembléia solene. 16 Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai as crianças, e os que mamam; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu aposento. 17 Chorem os sacerdotes, ministros do SENHOR, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó SENHOR, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que os gentios o dominem; porque diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?

Urgente se faz uma retomada da ética e da moral no meio evangélico para podermos ser sal e luz deste mundo. Urgente se faz levantarmos um clamor ao nosso Deus por misericórdia e isso em profundo arrependimento, lágrimas e rosto no pó.

Urgente se faz uma MARCHA EM FAVOR DA MORAL E ÉTICA EM NOSSO MEIO.


Soli Deo Glória

Pr. Luiz Fernando R. de Souza

07 janeiro 2022

Uma Vida, uma Missão ¬ Propósito - LIVE EM 30/12/2021

Live da 1a. Igreja Batista de Montes Claros no dia 30/12/2021.
Tema - UMA VIDA, UMA MISSÃO e UM PROPÓSITO.
Agradeço o convite do colega e amigo Pr. Alan Taquis que tão bem tem pastoreado essa Igreja composta por irmãos tão maravilhosos.

22 novembro 2021

Onde estão nossos corações?

 

Onde estão nossos corações?

 

Por que estamos vivendo um endurecimento?

Por que tamanha insensibilidade diante do sofrimento?

Mas por onde começamos?

 Muitas vezes, ficamos imobilizados diante de uma situação desesperadora. Lembro-me de presenciar um acidente grave automobilístico, de ser o primeiro no local, e ficar travado sem saber o que fazer. Por que isso acontece? Onde está o nosso senso de empatia Cristã nessas horas? Eis a questão. Isso tem um nome oficial; se chama: fadiga da compaixão, também conhecida como estresse traumático secundário. É o cansaço da compaixão, devido ao costume com histórias de perdas, dor e sofrimento, e contato constante com tragédias. Com o ciclo de notícias atuais, que falam na sua maioria sobre fatalidades e flagelos, nosso coração vai se acostumando com o sofrimento, se endurecendo. Há alguns meses estamos sendo bombardeados por notícias terríveis: Doenças, mortes, fome, crise econômica. Nosso coração está sendo atacado emocionalmente. Estamos sendo induzidos a nos acostumar com as calamidades. Diante disso, o que fazer?  Como manter a empatia, a contrição? Como ainda “chorar com o que chora?” Como agir para que esse panorama terrível não acostume nosso coração cristão com o sofrimento? A resposta é: Se desprenda dessa tradição. Não siga a corrente que tem aumentado a maldade humana. Faça algo atípico. Como? Jesus ensinou em Mateus capitulo 5. Primeiro comece amando o seu próximo. Dê ao próximo o que há de melhor em seu coração. Segundo, ore por seu inimigo, ame seu inimigo. não deixe seu coração se acostumar com as tragédias, e assim perdendo a sensibilidade do Espirito Santo. ’’Se alguém te obrigar andar uma milha, vai com ele duas.’’ (Mt. 5.41) Faça além do que qualquer um poderia fazer. ... “Se alguém tirar-te a túnica, deixa-lhe também a capa”. (Mt 5.40) e você estará preservando o seu coração da dureza, e da fadiga da compaixão. Sejam suas mãos e os pés veículos através dos quais Deus opere, e assim, apresentar ao mundo o amor e o cuidado que as pessoas tanto precisam. 

Pastor Cícero Frazão Neto

Igreja Presbiteriana do  Bairro Diamante - BH/MG


 

17 novembro 2021

NENHUMA ARMA PREVALECERÁ CONTRA NÓS

 


NENHUMA ARMA PREVALECERÁ CONTRA NÓS
“Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do SENHOR, e a sua justiça que de mim procede, diz o SENHOR”. Is. 54:17 
Nas fornalhas e forjas do inimigo há muito ruído. Ali se fabricam várias ferramentas para ferir os santos de Deus. Mas nem sequer poderiam fazer tais ferramentas sem que o Senhor do universo não tivesse permitido, pois foi Ele diz que criou o ferreiro que assopra as brasas de sua forjas. Tudo está debaixo do controle do Eterno. 
Observe como trabalham forjando suas espadas e armas contra os eleitos, mas note que em cada lâmina forjada está escrito – “NÃO PROSPERARÁ”
Mas escute outro ruído: o murmúrio das línguas. A língua é um instrumento mais terrível do que aqueles que se forjam com martelos e as bigornas, é mal que pode ferir mais profundamente que todos.
O que poderemos fazer? A calúnia, as mentiras, as insinuações são como flechas venenosas, quem resistirá?
A promessa do Senhor nosso Deus é que se não pudermos calá-las, não poderão nos arruinar. Podem nos condenar no momento, mas nós as condenaremos no final. A boca dos mentirosos será fechada, e seus enganos contribuirão para enaltecer aos justos que por eles têm sofrido.
O soberano Senhor, nosso Deus e Pai, já escreveu a sentença de vitória que está sobre nós, NENHUMA ARMA PREVALECERÁ.
SOLI DEO GLORIA
Pr. Luiz Fernando R. de Souza


01 novembro 2021

CONFERÊNCIA DA FAMÍLIA NA PRIMEIRA IGREJA BATISTA DE SABARÁ. 30/10/2021


Sábado 30/10/2021, pela manhã, na PIB de Sabará, excelentemente pastoreada pelo colega Pr. Wemerson, ministrei na Conferência de Família, onde mais de 100 casais participaram. Falei sobre o tema - 5 RAZÕES PORQUE OS CASAMENTOS TERMINAM. Foram momentos de crescimento e descontração com irmãos maravilhosos. Que o Senhor nosso Deus continue promovendo o crescimento desta maravilhosa Igreja.











 

21 outubro 2021

O PEQUENO SERÁ POR 1000

 


                                            O PEQUENO SERÁ POR 1000

O menor virá a ser mil, e o mínimo uma nação forte; eu, o SENHOR, ao seu tempo o farei prontamente”. Is. 60:22.

 O profeta Isaias lembre ao povo de Israel sobre a prontidão do agir do Senhor e seu poder e grandeza.

As obras feitas par Deus muitas vezes começam pequenas e nem por isso tem menos valor. Spurgeon disse: “A debilidade educa a fé acerca das coisas de Deus e glorifica seu nome”. Lembremos o que disse o Senhor Jesus que o grão de mostarda, a menor de todas as sementes, sem dúvida se faz grande árvore e as aves do céu fazEm nelas seus ninhos.

Sim, comecemos pelo pequeno e com certeza será por 1000.

O Senhor nosso Deus se mostra grande no dia da multiplicação, para que toda glória seja dada a Ele. Quantas vezes Ele disse a seus servos, te multiplicarei.

Confiemos no Senhor, nós o que somos poucos, porque Ele estará em nosso meio, nós os que congregamos com Ele.

Para outros somos os menores, buscam grandeza e visibilidade, mas somos o núcleo de um povo grande. E não achemos que esta promessa está longe, Deus diz: “Eu, o Senhor, a seu tempo farei isso prontamente”.

Não virá de repente como em reuniões sensacionais ou especiais, será a Seu tempo, sem dúvida não tardará.

Quando o Senhor se apressa, sua ação é gloriosa.

 

SOLI DEO GLORIA

 

Pr. Luiz Fernando R. de Souza

UM APAGÃO ÉTICO E MORAL NO MEIO EVANGÉLICO

  UM APAGÃO ÉTICO E MORAL NO MEIO EVANGÉLICO Não nos cora mais o rosto de vergonha quando escutamos ou presenciamos escândalos em nosso meio...