22 novembro 2017

Oportunidade. Dois livros do Pr. Luiz Fernando - OSSO DOS MEUS OSSOS/CARNE DA MINHA CARNE E QUANDO UMA IGREJA MORRE
O 1o. Aborda o tema de família. Como melhorar a comunicação no casamento - Como Administrar os conflitos no lar - Como trabalhar a Questão Financeira e Melhorando Nossa vida Sexual. Está no final da 3a. Edição.
O 2o. é uma exposição da carta à Igreja de Sardes em Apocalipse 3. É feita uma abordagem Bíblica, Histórica e Teológica da carta. Foi feita uma contextualização e aplicação pessoal e para igreja. O livro foi escrito em forma de esboço de sermões o que ajuda na melhor compreensão e serve como fonte de mensagens para serem pregadas na igreja ou em pequenos grupos.
Valor dos 2 livros de RS 55,00 por R$ 38,90 já com despesas de correio incluídas. O pagamento é pelo PAGSEGURO - Cartão Crédito - Débito - Boleto ou Transferência bancaria. 

SOMENTE NO BLOG ministerioforcaparaviver.blogspot.com.br




21 novembro 2017

COMO SOBREVIVER À PRESENTE CRISE?




Até agora vemos uma onda avassaladora assolar a economia brasileira de várias formas. Muitos ainda não estão apercebidos da catástrofe que se abateu sobre o país. 
O quadro que se apresenta é preocupante porque as saídas não são de curto prazo e até surtirem efeito viveremos dias angustiantes. Embora os indicadores apontem para uma recuperação na economia, ainda temos 13 milhões de desempregados e grande da população endividada. Os Juros do cartão de crédito e cheque especial são os mais altos do mundo. Os combustíveis vêm aumentado mais de uma vez por mês.
Diante deste quadro nos perguntamos: o que fazer nestes momentos?
Proponho alguns pontos:
1 – Organizar-se
Uma vida desorganizada neste momento é sinal de crise de longo prazo. A maioria dos brasileiros está desorganizada financeiramente e economicamente. A prova disso está no nível de endividamento crescente e da alta inadimplência. Observe os dados da revista Veja da edição de 26/04/2015:
45,3% dos consumidores da Região Norte do Brasil estão inadimplentes, o maior percentual do país. Na sequência, aparecem o Centro Oeste 41,3% e o Nordeste 38,7%, de acordo com SPC.
Houve aumento de 4%, no mês passado, em relação com 2014 dos consumidores com dívidas em atraso.
Uma em cada duas dívidas dos brasileiros é com bancos. Em seguida, vêm lojas e serviços (Contas de telefone, água, luz etc.). R$ 11.000,00 é o valor médio das dívidas. 
Realmente a desorganização traz suas drásticas consequências.
2 – Fazer Levantamento Real do Quanto Deve
Fundamental é saber exatamente o valor de nossas dívidas. Ter uma ideia não vale. Isso é enganar a si mesmo, pois nesse achismo ficamos na zona de conforto e isso nos traz uma pseudo segurança.
3 – Não Aumentar o Endividamento
Um dos grandes erros de quem deve é pagar dívida com novas dívidas. Por exemplo, “Não tendo como comprar a vista o supermercado do mês, corre para cartão de crédito”. Ao invés de aumentar o endividamento é preciso cortar despesas urgentemente.
4 – Utilizar Orçamento Familiar ou Pessoal
A pesquisa mostra que 1 em cada 5 casais usa orçamento para controlar suas despesas. Sem este orçamento ficamos à deriva e sempre gastamos mais do que podemos gastar. Aqui novamente o achismo entra em ação e presumimos que temos dinheiro, quando na realidade não temos.
5 – Ser Fiel nos Dízimos e nas Ofertas
A Palavra de Deus é nossa bússola nas áreas econômico-financeira. Ao sermos fieis a Deus temos Sua promessa que nada nos faltará. Tenho visto cristãos afundados em dívidas e desmotivados levando péssima qualidade vida porque são desobedientes. É Deus que promete nos livrar do devorador e abrir sobre nós as janelas dos céus. Vale a pena ser fiel a Deus e Sua Palavra.
6– Adquirir Conhecimento Sobre Educação Financeira
Sem educação financeira nunca chegaremos a lugar algum. O princípio e saber manusear o dinheiro que ganhamos para termos qualidade de vida. Se quiser conhecer mais sobre este tema CLIQUE AQUI e veja o Seminário oferecido sobre Educação Financeira pelo Ministério Força Para Viver.

Acredito colocando em prática esses princípios poderemos alcançar equilíbrio financeiro e qualidade de vida para servirmos melhor ao Senhor nosso Deus.

Soli Deo Gloria



Pr. Luiz Fernando R. de Souza
Consultor Financeiro Pessoal e Empresarial

Precisando equilibrar as finanças? Quer sair das dívidas? Precisando de Planejamento Financeiro é só consultar que elaboro. Você verá que dará para sair das dívidas, fazer uma poupança consistente e ganhar em qualidade de vida. 
Contato: prluizfernando@zipmail.com.br - (31) 991967035 (Whatsapp) 
Atendimento onde você estiver.

13 novembro 2017

CONGRESSO DE MULHERES 2017 - IGREJA UNIDA

DIA 18/11/2017 ESTAREI NO GRANDE CONGRESSO DE MULHERES DA IGREJA UNIDA. FALAREI SOBRE O TEMA: PAIS X FILHOS - AUTORIDADE EM CRISE. 
SERÃO MOMENTOS DE BENÇÃOS, COMUNHÃO E CONFRATERNIZAÇÃO. PARTICIPE E LEVE CONVIDADOS.
IGREJA UNIDA - RUA MANGARATIBA, 189 - BAIRRO SÃO GERALDO BH/MG. 

06 novembro 2017

PALESTRA NO SEMINÁRIO SEBEMGE - SOTERIOLOGIA - ELEIÇÃO E PRESDESTINAÇÃO


NO PRÓXIMO DIA 13 ÀS 19H30 DAREI UMA PALESTRA SOBRE SOTERIOLOGIA (DOUTRINA DA SALVAÇÃO), ABORDANDO O VIÉS DA ELEIÇÃO E PREDESTINAÇÃO, NO SEBEMGE - RUA ANHANGUERA, 309 BAIRRO SANTA TEREZA - BH/MG. FONE: 2511.2452 OU 32711665.


02 novembro 2017

PENSAMENTO

Talvez nem todos os pastores foram chamados a pregar diante de um auditório grande e entusiasmado, e sob a aclamação dos homens. Mas existe um número suficiente de pessoas morrendo que precisam ouvir o evangelho de cada pregador que se disponha a contar-lhes a história de Cristo e da redenção”. (John R. Rice)


https://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/0/07/RiceJohnR.jpg  John Richard Rice (11 de dezembro de 1895 - 29 de dezembro de 1980) foi evangelista e pastor batista e editor fundador da The Sword of the Lord (A Espada do Senhor)  um importante jornal fundamentalista.

29 outubro 2017

OS PILARES DA REFORMA E A CRISE DE IDENTIDADE DA IGREJA DO SEC. XXI.

Pregando na Igreja Batista Central em Venda Nova/BH, pastoreada pelo colega Pr. Moisés Paes, na comemoração dos 500 anos da REFORMA - 29/10/2017. Abordei o tema: OS PILARES DA REFORMA E A CRISE DE IDENTIDADE DA IGREJA DO SEC. XXI. Agradeço ao Pr. Rogério pelo convite.