18 janeiro 2012

O DESPREPARO TEOLÓGICO ENVERGONHA O NOME DE CRISTO



Vi em algum blog, que não consigo me lembrar, uma chamada sobre um texto que está no site da Igreja Mundial do Poder de Deus, veja aqui , o “apóstolo” Valdemiro afirmando que o Senhor Jesus não foi sempre eterno com o Pai. Depois de quase 1700 anos em que essa heresia foi rejeitada pela igreja no Concílio de Niceia (325 A.D), ressurge através de uma pessoa com alto poder de mídia. Sabemos que as Testemunhas de Jeová também creem assim, mas eles não são considerados pelos teólogos como cristãos. Qualquer livro sobre heresiologia os descrevem como hereges ou uma crença que fere os fundamentos do cristianismo. O desprezo pela história e teologia traz suas consequências funestas. Qualquer estudante mediano que estudou teologia não cairia em um erro tão grotesco como este. As heresias se repetem e quase nunca são criadas ou são novas. Mas o que esperar de alguém que passou longe dessas praticas sadias, estudar e meditar? Nada que advêm de uma mente despreparada poderia nos estarrecer ou espantar. Assim, infelizmente, precisamos entender como algo normal tais absurdos.
Durante os primeiros 450 anos de história da igreja, esta lutou ferrenhamente para sustentar e definir doutrinas que o Evangelho de Cristo exarava. Grandes homens de Deus com mentes brilhantes se debruçaram sobre a Palavra e buscaram ajuda em outras áreas do conhecimento para defender a pureza do Evangelho contra os ataques de ensinos heréticos que vinham de dentro da própria igreja. Quando a igreja começava a respirar paz, após um período de quase 220 anos de perseguição, apareceu um bispo chamado Ário que ensina exatamente a mesma doutrina que repete o site da igreja atual. Por essa causa foi convocado o 1º. Concílio Universal da cristandade para tratar do assunto. 318 bispos compareceram e rebateram tal ensino com veemência. Este concílio teve como seu campeão Atanásio que tinha aproximadamente 24 anos de idade.
Hoje vemos um distanciamento no meio da cristandade entre crer e saber. Para os primeiros cristãos era importante tanto a fé como seu embasamento cognitivo. Não aceitavam nada que não estivesse amparado por um ensino correto. Hoje em dia os cristãos confundem salvação com perdão de pecados e não importam se a doutrina por trás esteja errada. Assim procedendo, fazem ressurgir a Hidra de Lerna, (um monstro mitológico que possuía nove cabeças e que foi derrotado por Hércules). Na mitologia o cheiro que saia da boca da Hidra matava quem se aproximava. Quando dissociamos salvação do seu conteúdo geramos uma Hidra gospel, monstro que pelo seu hálito mata. Afirmações como estas contidas no site matam. Destroem a base da Trindade, de Deus como Deus e da nossa salvação.
Vejamos algumas ponderações sobre o equívoco encontrado no site de tal igreja:
1. Se o Senhor Jesus não foi sempiterno com o Pai isso leva à conclusão que a Trindade não existiu e não existe. Porque a Trindade implica que Pai, Filho e Espírito Santo sempre existiram e se inter-relacionavam. A Trindade implica em igualdade entre as pessoas nas quais Deus se manifesta. Se a Trindade não existiu ou existe o Pai é o ser mais frustrado do Universo porque não consegue expressar e receber seu amor, pois, criatura alguma consegue responder ao amor de Deus na magnitude que ele se expressa. Deus seria o maior solitário do Universo e isto desde o princípio. Assim sendo, um dos pilares do cristianismo deixa de existir afetando profundamente a eclesiologia dos cristãos. Se o Senhor Jesus não foi sempiterno com o Pai não podemos batizar as pessoas em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme reza a formula trinitária do batismo cristão praticada a mais de 2000 anos, porque estaríamos batizando em nome de Deus criador e de uma criatura, o que seria um absurdo. Também não podemos terminar nossos cultos com a benção apostólica que esta em II Cor. 13:14 “A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém”, pois, cairíamos no mesmo erro do batismo. Assim sendo, precisamos rejeitar este ensino herético do “apóstolo”.
2. Se o Senhor Jesus não foi sempiterno com o Pai isso leva à conclusão que Deus o Pai não é Deus e nunca foi. Se Deus não foi sempiterno com o Filho implica que houve um tempo que ele passou a ser Pai, o que nos leva à conclusão que Deus mudou em seu ser, o que é algo impossível. Deus não pode mudar e não muda, por isso, Ele sempre foi eterno com o Filho e o Espírito Santo. Mas para o tal apóstolo o ser eterno de Cristo é igual o ser eterno do homem, ou seja, o homem passou a ter existência e esta é eterna. O homem passar a ter existência implica que ele nunca foi eterno como Filho, pois, este é Deus com Deus conforme Jo. 1:1 “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus”. Esta heresia do “apóstolo” destrói a própria base de suas pregações, pois prega sobre uma criatura e não sobre Deus. Os milagres que ocorrem em seus cultos são ocasionados por um deus mutante que se sofreu uma mudança ao se tornar pai poderá sofrer novas mudanças futuramente ou as vem sofrendo constantemente. Precisamos rejeitar esta heresia do ”apóstolo”.
3. Se o Senhor Jesus não foi sempiterno com o Pai isso leva à conclusão que a nossa salvação nunca foi realizada e que a cruz foi uma farsa completa. Ao negar que o Filho é sempiterno com o Pai o “apóstolo” está dizendo que a salvação foi realizada por uma criatura e não pelo Filho de Deus. Assim sendo, ela nunca existiu e o que os apóstolos do Novo Testamento pregaram foi mentira e engano. A salvação precisava e tinha que ter sido realizada pelo Filho de Deus, pois somente Ele poderia satisfazer a justiça do Pai e pagar o preço eterno para o Deus eterno. O pecado de Adão não foi contra uma criatura grandiosa, mas contra o eterno Deus, assim sendo, somente um sacrifício eterno satisfaria a Deus Pai. Quando aceitamos a heresia que o filho nunca foi sempiterno com o Pai estamos dizendo que uma criatura esplendorosa realizou aquilo que somente o Verbo poderia ter feito. Assim sendo, continuamos em nossos pecados, somos os mais miseráveis dos homens e a nossa sorte em nada difere daqueles que não creem em Deus e vivem para si mesmos.

Poderia discorrer em mais um cem números de argumentos contra este ensino perverso e ridículo, mas deixo para outros essa tarefa. Enquanto acharmos normais tais aberrações estaremos roubando da igreja sua pujança e seriedade e permitiremos que suas doutrinas sejam seus maiores pontos fracos.
O despreparo teológico envergonha o nome de Cristo, ridiculariza a igreja e a faz ser irrelevante para a sociedade. Precisamos ser mais exigentes com a formação de nossas lideranças e isso deve ocorrer rapidamente. Que possamos viver vibrantemente o que o apóstolo Judas nos ensinou em sua carta ver. 3 “Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos”.

Soli Deo Gloria

Pr. Luiz Fernando R. de Souza



39 comentários:

  1. Olá!!!
    Spurgeon escreveu um capítulo em um de seus muitos livros, destinado aos obreiros despreparados, incentivando-os a leitura e a oração, pois sabia ele que o ministro do Evangelho deve ter fundamento para falar, o mesmo se dava com John Wesley e o ex-sapateiro e então missionário William Carey.
    No Caso do auto-intitulado apóstolo, o caso vai além do despreparo, muito além. Ali a situação é de heresia.
    Quando a Igreja Presbiteriana do Brasil. Igreja a qual pertenço, decidiu, depois de anos de estudo, posicionar-se contra os ensinamentos dessas duas irmãs na teologia da prosperidade, e que os fieis dessas, que decidissem vir para a IPB deveriam ser discipuladas e batizadas, pois, o Evangelho do reino de Deus é diferente do pregado por aquelas.
    houveram manifestações de evangélicos contra a posição da IPB, porém estou bem seguro, que a decisão tomada foi corretíssima e que até demorou para ser tomada.
    o Tal pseudo-apóstolo é uma vacina anti-evangelho aqui no Brasil, assim como seu seu ex-patrão, o Bispo.
    graça e paz

    ResponderExcluir
  2. Prezado colega Rev. Geremias,
    você está sumido do blog. Sua visita é imprescindível bem como seus comentários. Realmente a IPB tomou a decisão correta diante dessas anomalias. Creio que ainda veremos velhas heresias ressurgirem com força em nosso meio. Fiquemos firmes.
    Um forte abraço.
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  3. Pr Marcelo - Igreja Batista - Vila Maria SP18 de janeiro de 2012 04:26

    Olá Pastor Luiz!


    A igreja do Senhor Jesus tem que se posicionar! Ter coragem de emplacar tal anomalia no meio cristão! Já é uma luta contra as trevas, e, continuamos a viver uma luta contra as heresias que tentam acalentar a obra da Deus!

    Isto que esta acontecendo não é uma novidade! A novidade é a inércia da Igreja! Uma coisa sei, naquele dia não haverá ninguém que fuja da presença de Deus! Todos estarão diante DELE e não ficará pedra sobre pedra!

    ResponderExcluir
  4. Quem sabe foi essa chamada aqui que o senhor viu pastor:

    (http://gracaplena.blogspot.com/2012/01/valdemiro-santiago-prega-heresia.html).

    Deus o abençoe sempre.

    Joelson

    ResponderExcluir
  5. Temos um problema pastor Luiz Fernando. Nesta igreja, apesar das heresias doutrinarias e da ganancia, acontecem milagres. Uma nossa amiga, com cancer, procurou esta igreja, pegou o carnezinho, e foi curada. O povo que precisa de curas e milagres procura igrejs onde é ensinado a excercer a propria fé. O negocio funciona. È pragmatismo religioso, mas precisamos dizer que a cura é presente em todas as religiões por causa da fé. A doutrina da confissão positiva pegou esta força da fé e a aplicou no meio evngelico. No templo dos anjos do Geronimo tambem temos curas verdadeiras: esta é uma realidade. Como é que nos vamos explicar a um fulano que ali tem curas, mas que eles estão errados e que nas nossas igrejas - ao contrario -não tem curas, mas temos uma doutrina saudavel? Nem podemos afirmar que o foco é o nosso foco é a salvação, porque nas igrejs batistas tem joio e trigo como em todos os lugares. Infelizmente precisamos refletir sobre isto. Abraço em Cristo

    ResponderExcluir
  6. Meu jovem Pr. Hélio,
    tem mesmo veneno na panela. Precisamos de discernimento para separarmos o joio do trigo.
    Um abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  7. Meu caro colega Pr. Marcelo,
    realmente não é novidade. Essa heresia abordada no blog já tem mais de 1600 anos e outras continuarão a entrar em nosso meio enquanto não levantarmos a voz, como você bem disse.
    Como disse o apóstolo Paulo "desperta tu que dormes e Cristo de esclarecerá".
    Um forte abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  8. Prezado colega Pr. Joelson,
    em minha vaga memória não consegui identifcar seu blog como fonte de origem, já que o mesmo é bem pecular em sua apresentação e sempre visito. Lembro-em que as cores de fundo do blog eram verdes claras, somente isso. Mas enfim sua presença aqui é sempre enriquecedora.
    Um forte abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  9. Prezado colega Pr. Matteo,
    o princípio para se avaliar uma instituição não são curas ou manifestações, pois se fosse teríamos que aprovar as cirurgias espirituais de João de Deus um médium de Goiás que é reportagem de capa da revista Isto É desta semana. Precisamos lembrar que existem as curas psicológicas e etc. Deus cura sim e o faz unicamente por meio de sua Graça e esta é de graça. Muitas vezes a cura acontece pela misericórdia de Deus em relação ao ser humano e não por causa das lideranças eclesiásticas. Mas por que curas acontecem em alguns lugares vamos fechar os olhos para uma realidade absurda que querem impor sobre a igreja? Vamos aceitar uma heresia sem questionarmos ou um como bem você lembrou um pragmatismo exacerbado? Nunca soube na historia da igreja que alguém tenha pego um carne de contribuição financeira e uma cura tenha acontecido ou que tenha apanhado uma toalha abençoada passado na porta de um banco e sua dívida tenha desaparecido. O Senhor Jesus e seus discípulos não distribuiram carnês para ninguém e as curas foram realidades gratuitas.
    Aceitar essa famigerada unção de Manassés como verdadeira é no mínimo piada de mau gosto. Precisamos rejeitar essas sandices e ter uma fé consistente com a Palavra.
    Continuemos no equilíbrio da Palavra e o Senhor será honrado em nossos ministérios com ou sem curas.
    Um forte abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  10. Caro Pastor, somos missionários e estamos na Etiopia, é muito triste ver certos homens pregar esse tipo de heresia, e saber que a palavra de Deus esta sendo distorcida nessa proporção.Gostariamos de ver homens com tal influencia ensinar o povo de Deus a clamar como Davi " Inclina o meu coração para os teus testemunhos, e não para a cobiça.
    Desvia os meus olhos de contemplarem a vaidade, e vivifica-me no teu caminho.(Salmos119;36,37), Ensina-me bom juízo e ciência, pois creio nos teus mandamentos.(Salmos119;66).
    Que Deus abençoe a nossa Igreja Brasileira e que ela não se conforme com este mundo mas que cresça em graça e em conhecimento.
    Missionários Junior e Graziela

    ResponderExcluir
  11. OLá!
    além das ediondas heresias, temos milhares e milhares dos que acreditam. É como o traficante que depende do usuário, sem o viciado não haveria o traficante; sem os ignorantes, não haveria os hereges e os mercenários comunistas do púlpito.
    O pior de tudo isso é as pessoas serem curadas e,depois,serem sentenciadas ao inferno onde permacerão "curadas", mas num tormento eterno. "Senhor, até os demônios se submetem a nós, em teu nome!". A pior das falcatruas é que os profissionais do púlpito não lhes recorda e ensina a prioridade das coisas: "Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus" (Lc 10.17-20).contudo, as pessoas querem resolver seus problemas emergentes. Como bem dize certo teólogo de renome que largou o terno de sacerdote: "o povo gosta de ser enganado!" O fascínio e a catarse suplantam o culto racional e impede que que os crentes não experimente o que é bom,o que agradável e o que é perfeito da parte de Deus.
    Que Deus em Cristo supra todas as minhas e suas necessidades... (Oseias)

    ResponderExcluir
  12. Fico sempre firmada na palavra do Senhor que diz:Mas,ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.Gl.1:6. Quando o evangelho se espalhou em Roma,muitos gentios aceitaram Jesus.Discutisse que os não-judeus deveriam seguir as leis judaicas,sobretudo a circuncisão At15.1-33.Discussão que apareceu nas igrejas fundadas por Paulo em Galácia onde diziam àqueles cristãos que,para serem aceitos por Deus,tinham que obedecer à Lei de Moisés.
    A carta aos Gálatas é a resposta que Paulo à essa falsa doutrina.Paulo denuncia esse outro evangelho que está sendo anunciado e procura trazer de volta para a fé verdadeira aqueles que estão se desviando do caminho certo.Fala da sua experiência cristã e defende a sua autoridade como apóstolo.Mostra como,na reunião dos líderes cristãos em Jerusalém, ele tinha recebido a aprovação deles para continuar a anunciar a mensagem de que a salvação depende somente da fé e não daquilo que a Lei de Moisés manda fazer. Em defesa da sua posição, Paulo cita o Antigo Testamento e fala da experiência de Abraão, o pai do povo escolhido. Mostrando que Abraão foi aceito por Deus não por causa das suas obras, mas porque teve fé em Deus. Na última parte da carta Paulo fala da liberdade que têm as pessoas que crêem em Cristo e como essa liberdade se torna realidade na vida cristã. Vemos pessoas aprisionadas à esse tipo de condição para rece-berem curas,projeções financeiras e etc.Não questiono aqui a fé de ninguém porque o Senhor Jesus é claríssimo quando dizia: tenha bom ânimo,a tua fé te salvou. Nosso Deus sempre foi tido pelos pagãos como Deus invisível,somos bem aventurados porque não vimos e cremos.
    Quando Jesus disse: Há tanto tempo estou convosco e vocês dizem mostra-nos o Pai. EU e o PAI somos um, quiseram apedrejá-lo, e JESUS respondeu-lhes :Tenho-vos mostrado muitas boas obras que precedem de meu PAI,por qual destas obras me apedrejais? Os judeus responderam,dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma boa obra,mas pela blasfêmia,porque,sendo Tu homem,te fazes DEUS a ti mesmo(Jo 10.30-33.
    Justamente por isso o crucificaram porque não o aceitavam como o Messias como Deus.
    Na carta aos Hebreus é relatado que o FILHO é o resplendor da gloria de DEUS e a expressa imagem de Deus.
    Jesus disse:Quem me vê a mim vê o PAI. DEUS nunca foi visto por alguém. O FILHO unigênito, que está no seio do PAI,este o fez conhecer.Diz João.
    Deus fala em sua palavra:EU sou DEUS e fora de mim nao ha salvador.Isaías 43:11
    Ora,a bíblia nos diz claramente que JESUS é o salvador, foi conhecido assim em samaria e até hoje e sempre,então dizer o contrario é chamar DEUS de mentiroso,logo DEUS e JESUS sao um. Negar a divindade de CRISTO é insultar a DEUS e a propria inteligencia humana, Isaías profetizou isso.
    JESUS e o PAI são um, em Zacarias 12.10 diz: e olharão para mim,a quem transpassaram e o prantearão como quem pranteia por um unigênito,e chorarão amargamente por ele,como se chora pelo primogenito. O próprio Deus diz: olharão para mim e depois: chorarão por ele.
    JESUS é este de quem JEOVÁ esta falando,pois JESUS se fez carne e foi transpassado na cruz do calvário.
    Zacarias diz também que JEOVÁ pelejará pelo povo de Israel, e em Apocalipse 19 é JESUS quem sai para pelejar,Glórias a Deus!
    O ESPIRITO SANTO, que ora é chamado de ESPIRITO DE DEUS e ora de ESPIRITO DE CRISTO,confirma que JESUS e o PAI sao um.
    O seu reino é um reino sempiterno e o seu domínio de geração em geração como retrata o livro de Daniel.
    Esse povo está mesmo precisando de discernimento espiritual e comer mais da palavra de Deus, é moda ser gospel. Nosso Deus é imutável, como descobri isso? Lendo a palavra e exercendo a fé em Jesus.Todos os cristãos de todos os tempos devem se lembrar sempre desta declaração do apóstolo:"Cristo nos libertou para que nós sejamos realmente livres. Por isso, continuem firmes como pessoas livres e não se tornem escravos novamente" Gl5.1 Saudades de ti meu pai, abraços na mãe,os amo em Cristo.

    ResponderExcluir
  13. Caro amigo pastor Luiz Fernando, acho que o site em que o sr. viu comentar sobre esta heresia foi o meu (Manancial das Águas)em que mostrei este infame comentário colocado na página desta igreja, mas vamos aos fatos: este cidadão de nome Valdemiro Santiago iniciou sua tragetória no meio evangélico como obreiro na Igreja Universal do Reino de Deus no final dos anos 80 (1988 ou 89 se não me engano) na igreja localizada na rua Dr. Antonio Bento 560 em Santo Amaro, zona sul de São Paulo. Nesta mesma época eu (que também era obreiro desta mesma igreja)já via neste caarada uma certa arrogância e falta de conteúdo quando falava da palavra de Deus. Fizemos o Instituto Bíblico Universal do Reino de Deus-IBURD (escola de pastores da IURD)na mesma época, e este cidadão sempre falava que com ele a coisa era diferente, pois se não tivesse milagres na igreja, ela não podia ser considerada espiritual. O engraçado nesta história toda é que ele se achava sempre melhor que todos, mas o seu conhecimento das Sagradas Escrituras era pífio. Seguimos rumos diferentes, foi alguns anos depois para a Assembleia de Deus, fiz novamente um outro seminário e sempre ouvia dizer que ele vivia realizando milagres, que isto para ele era uma coisa natural, ora se é natural não é milagre, pois o milagre é sobrenatural. Em 2007 fui procurado por um amigo em comum dizendo que o "apostolo" queria falar comigo para que eu assumisse uma igreja grande que ele ia inaugurar e como me conhecia queria que eu fosse para lá, pois eu iria ficar rico ali, a ajuda de custo que ele dava aos pastores era muito boa e que eu teria o melhor desta terra, meu recado para ele foi, "meu querido desculpe mas não posso aceitar o convite que me faz nesta oportunidade, pois estou num projeto que toma todo o meu tempo e gosto do que faço, não tenho a mínima intenção de parar tudo agora e me arriscar numa aventura que não acredito, sei que posso ter o melhor desta terra ao seu lado, mas sinceramente eu prefiro ter o melhor no céu, pois esta terra jaz no malígno". Hoje sei que fiz a escolha certa, continuo na AD não tenho muitas posses nesta terra, mas sei que o meu caminho no céu, na nova Canaã já esta sendo construído com os tijolos que envio todos os dias ao meu Senhor Jesus Cristo, que oniciente, onipresente e onipotente, é o verbo que se fez carne, a raíz de Davi, o Leão da Tribo de Judá.
    Que a graça e a paz do nosso Senhor Jesus esteja contigo.
    Pr Jorge Rodrigues

    ResponderExcluir
  14. Ola meu nobre Papa, obrigado pela disposição em combater as herezias ditas por grandes ( (Lideres)que de Deus não sabem nada e tentam mostrar algo que até Eles mesmo não sabem, mas o que mais me preocupa é que milhões de pessoas estão entrando nesta onda que tem sido um cancer de destruição para a humanidade e para a propria igreja.É preciso unir forças para combater estas herezias. Se perguntar para o senhor Waldemiro quem foi Atanásio o coitado vai inventar um historia.
    Pr. Luiz, perguntar para este senhor o que a Trindade, a gente pode esperar qualquer coisa, é um heretico de marca maior que a muito tempo se perdeu no cipoal doutrinário.
    ( COITADO DE DEUS NADA SABE)é lamentavel e uma vergonha.

    ResponderExcluir
  15. caro colega, fantastica esta sua postagen, e em se falando do calboy, isso fica claro, é só observar que ele sempre deixa claro que a sua igreja é a unica obra de Deus, quem presta atenção nota que ele se coloca como unico e usado por Deus no presente, mas suas pretenções de se tornar absoluto ja começa escorregar no momemto em que ele no profundo desejo de se isolar das outras igrejas para mostrar sua pretenção de ser absoluto, é mais do que óbvio que ele precizaria romper com a sã doutrina, e procurar em outras aquilo que possa lhes dá o absolutismo, se não ele continuaria no incluso.

    buscar outras ideias deve fazer parte de sua teoria para se destacar dos demais e consolidar suas ideias de absolutismo.
    ifelismente o brasil não é mais berço da ignorancia, aqui há homens e mulheres de Deus capazes de refutar qualquer heresia que aparecer teologicamente, nao preciza ser phd para desmontar essas ideias, qualquer leigo descobre atraves da biblia que no principio a expressão do pai foi, façamos, ele não estava sozinho, e nos evangelho João vai descrever, no principio era a palavra, a palavra estava com Deus e a palavra era Deus, e João afirma isso quando diz,tudo foi fito por ele ( o filho ) e sem ele nada do que foi feito seria feito, isso fala da existencia do filho no pai desde o principio de tudo, isso é apenas o elementar da doutrina da existencia do filho, então o que o waldomiro quer e se destacar dos outros e ate teologicamente, agora que faculdade ele fez, iurd, ou ele fica lendo livros ou artigos da internet, geralmente é dos indoutos quando alcansam destaques como ele, buscar o conhecimento para se acomodar entre os doutos, onde o waldemiro foi buscar conhecimento. ele esta confiando demais em suas operações de milagres, será que ele acha que se passando por homem de Deus vai enfiar heresias na cabeça do povo; estamos de olho.

    ResponderExcluir
  16. Realmente é sério. Tais afirmações irresponsáveis e destituidas de conhecimento provoca outros erros que dificulta e faz errar os menos esclarecidos. A bíblia é clara. A trindade é perfeita e una. Não há o que inventar, nem pôr nem tirar. Jesus disse: "Eu e o Pai somos UM" Logo, Jesus é Deus e Deus é o próprio Jesus.

    ResponderExcluir
  17. Graça e Paz! Me permitam fazer um contraponto. A vara de Araão floresceu quando ele foi afrontado por uma turminha que não aceitava o seu sacerdócio. Uma coisa é verdade. O Valdomiro, apesar da sua simplicidade tem sido usado por Deus e tem feito a obra; e como o nosso Brasil precisa de um homem desses, já que o nosso SUS não tá fazendo grandes coisas pela população. O fato dele ter uma graça de Deus não o deixa acima da crítica. Milagres não é aprovação de conduta, mas pelo menos eles indicam que Deus está se movendo. Com certeza o Valdomiro está errado em vários aspectos, tem um certo despreparo sim, mas pelo menos ele tem vida com Deus e é sincero, coisa que tem faltado para muitos pastores que tem a doutrina certa mas a vida errada. Claro que todos nós sabemos dos abusos que há nesse meio, mas a minha pergunta é: Ele tem glorificado a Cristo e ao Evangelho ou não? As ovelhas que respondam! Não se trata apenas de pragmatismo religioso, mas sinceramente, eu acho que não adianta apenas ter a doutrina certa se não tivermos a manifestação divina acompanhando a palavra como diz em Mc 16. Só manifestação não é legal! Mas só doutrina também não nos difere em nada de outra religião ou ensinamento. Vamos buscar as duas e Deus seja glorificado em tudo isso! Forte abraço pastor! Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  18. Prezados irmãos Junior e Graziela,
    quando um navio pequeno saia da rota é uma coisa, mas quando um grande erra o estrago é muito grande. Precisamos sim de homens fortes na Palavra e que proclamem a verdade a qualquer custo. Deus os abençoe ai no campo missionário e vou incluir seus nomes no grupo de missões em nossa igreja.
    Um forte abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  19. Prezado irmão Oseias,
    precisamos urgentemente voltar à simplicidade da Palavra. Seus comentários são bastantes pertinentes.
    Um abraço
    Em Cristo
    Pr.Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  20. Minha querida irmã Nilma,
    você acabou dando uma aula de teologia e olha que foi das melhores. Realmente o firme fundamento permanece e precisamos destacá-lo, a Palavra.
    A igreja hodierna está se afastando da Palavra e está colhendo os desastres inerentes a este comportamento.
    Um forte abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  21. Prezado colega Pr. Jorge,
    realmente não consigo me lembrar do local onde vi a chamada para esta atrocidade. O colega foi sábio em não se misturar e manter sua integridade pessoal e espiritual. Não importa o tamanho da igreja que somos pastores, mas o que vale é o compromisso com a Palavra. No devido tempo chegará a hora de Cristo sobre nossos ministérios e ai tudo mudará.
    Sua visita ao blog o enriquece.
    Um forte abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  22. Meu preclaro colega do Min. Fam sobre a Rocha,
    muitos adentram estes aglomerados humanos e acham que ouvem a genuina Palavra, mas estão em engano. Realmente uma resistência precisa ser levantada e anunciada com ousadia antes que seja muito tarde.
    Um abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  23. Prezado colega Pr. Josias,
    quando alguém quer ser exclusivista e se isola quase sempre cai em heresias, pois não existem ninguém para corrigí-lo. Quando alguém cresce demais em termos de visibilidade acaba colhendo como resultado disso a solidão e isso o empurra para um precipício muito profundo. Deve ser esse o caso do apóstolo moderno. Sim, estamos de olhos abertos.
    Obrigado por sua visita.
    Um forte abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  24. Prezado irmão Fábio,
    entendo suas colocações. Vale lembrar que estamos contaminados pela idéia de milagres como o ponto alto do cristianismo. Isso é um ledo engano. A Palavra por si só é o poder de Deus. Fala-se em milagres, mas não se fala em salvação, santidade arrependimento etc. As pessoas procuram o sensacional e o Senhor da glória não é conhecido. Quando o miraculoso é mais evidente ou se torna em algo especial caimos na superficialidade da vida. A igreja de Corinto estava cheia de dons e mesmo assim Paulo a adjetiva de igreja menina, dividida e carnal. Quando alguém destaca uma doutrina no meio da pleiade de doutrinas que o evangelho apresenta isso se caracteriza como heresia. Creio em milagres. Tenho visto isto acontecer na igreja onde sou pastor, mas ainda luto por manter o equilíbrio entre graça e conhecimento, entre o poder e o saber. Não conheço o apóstolo da atualidade para dizer que ele tem íntima comunhão com Deus ou algo parecido. Por isso, não posso afirmar nada nesta área. Questiono se tais ministérios trazem mais glória para Deus ou vergonha. Realmente prefiro deixar para que o tempo avalie estas coisas.
    Um forte abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  25. AMADOS IRMÃOS, VENHO FALAR-LHES QUE O INIMIGO TENTA LANÇAR COISAS QUE DESVIEM AS NOSSAS ATENÇÕES DAS COISAS QUE PRECISAM DE ATENÇÃO. VEJAMOS, NÃO ESTOU AQUI PARA DEFENDER O IRMÃO APÓSTOLO VALDEMIRO, E NEM PARA DEFENDER O AMADO PASTOR LUIZ. AMBOS ERRARAM! DE ACORDO COM O NOSSO DICIONÁRIO AURÉLIO, "ETERNO" E "SEMPITERNO" SÃO PALAVRAS SINÕNIMAS E SIGNIFICAM A MESMA COISA, OU SEJA, ALGO OU ALGUÉM SEM INÍCIO E SEM FIM. DEVEMOS TER EM NOSSA MENTE A TEOLOGIA, É CLARO, MAIS TAMBÉM UM BOM PORTUGUÊS PARA SABERMOS COLOCAR NOSSAS OPINIÕES E TAMBÉM, NO CASO DO VALDEMIRO, ESTE ERROU EM FAZER DISTINÇÃO ENTRE DUAS PALAVRAS SINÔNIMAS.
    FIQUEM NA PAZ E NA GRAÇA DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO.
    PRESBÍTERO DOUGLAS
    dhmaximo@hotmail.com

    ResponderExcluir
  26. Caro Pastor, o Blog onde você encontrou esse assunto foi o GENIZAH, você até postou um comentário a respeito do assunto: http://www.genizahvirtual.com/

    Participo do seu Blog faz algum tempo, gosto dos textos.

    Que Deus continue te abençoando.

    Graça & Paz

    Pr. Felipe Miranda

    http://www.pastorfelipemiranda.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Isso aí é uma HERESIA não apenas por DESPREPARO TEOLÓGICO... Mas por QUESTÕES MUITO MAIORES que um MERO DESLIZE... Na verdade isso é dizer que Cristo NÃO É DEUS! Que a TRINDADE NÃO EXISTE! Que Cristo NÃO tem VIDA EM SI MESMO! Etc...

    ResponderExcluir
  28. Prezado colega Pr. Felipe,
    entrei o no blog indicado e na postagem referente ao tema não existe nenhum comentário. Acho que deve ter sido outro site ou blog.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  29. Pr. Felipe,
    realmente afirmações perigosas como estas sobre a Pessoa de Cristo devem nos fazer pensar na seriedade de nos voltarmos para Palavra e nela permanecermos. Suas conclusões são perfeitas.
    um abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  30. Teologia forma doutores.
    "Joelhologia" forma pastores.
    "Heresilogia" forma homens como o Valdomiro Santiago.

    Dai-nos mais graça, Senhor Jesus, Filho Eterno do Eterno Deus!

    Elaine Cândida

    ResponderExcluir
  31. Prezada irmã Elaine,
    Boa teologia e unção de Deus devem ser buscadas por todos os pastores como meio de serem mais úteis nas mãos de Deus. Uma boa teologia evita muito desgaste para a igreja e unção do alto acelera o trabalho da mesma, assim sendo carecemos dos dois. O desconhecimento da história tem sido uma fonte de erros na igreja e nada mais é necessário do que uma rápida olhada para trás para corrigirmos o rumo. Quando isso não acontece a heresia encontra campo pronto para frutificar. Que possamos dobrar os joelhos e conhecer para melhor servimos nosso amado Salvador.
    Sua visita ao blog somente o enriquece.
    Deus a abençoe ricamente.
    Um abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  32. Pr Luiz Fernando
    A paz

    Ah esses tele-evangelistas!
    Uns nos chamam de desocupados, fracassados, invejosos e coisas assim;
    Outros querem nos taxar de burros, idiotas,ou coisa que o valha.
    Nosso amigo Carpintero estabeleceu uma relação entre navios que afundam e eles, astros da prosperidade - a relação é o naufrágio que pode ocorrer em ambos os casos.
    Capciosa e perspicaz como esta sua inteligente mensagem.
    Deus conosco
    Alberto

    ResponderExcluir
  33. Graça e Paz pastor! De fato as tuas colocações estão corretas. Eu apenas disse que na área de milagres de cura o Valdomiro tem autoridade, porque pelo que me parece ele tem florescido (assim como a vara de Araão floresceu e deu a ele autoridade no ofício de sacerdote). Talvez para governante terreno Araão não teria autoridade, esse é o problema dos cristãos, se o cara floresce numa área vira um Vice-Deus, o que está errado. Evidente que ele se equivocou e não estou aqui pra defendê-lo, por isso mesmo somos igreja, onde um é bom talvez em outro ponto seja ruim. Se trabalharmos juntos podemos fazer melhor para o reino. O Valdomiro precisa de homens sábios do lado dele. Talvez os milagres que ele tem feito podem ajudar alguns ministérios onde isso não acontece. Tratá-lo como um herege me parece exagero, pois Paulo em Gl reprendeu a Pedro como um irmão. Não podemos descartar as pessoas pelos erros, devemos fazer como Cristo nos ensinou, reprendê-lo, dar uma segunda chance e bola pra frente. Forte abraço! Deus abençoe!!!!

    ResponderExcluir
  34. Puxa Pastor! Nunca tinha parado para refletir sobre isso, mas me fez pensar.
    Se Jesus é chamado de filho, logo em algum momento Ele nasceu. Quando o Senho diz: tu és meu filho amado, hoje te gerei. Estaria falando o Senhor de seu nascimento terreno? Quando se fala do Espirito Santo fica mais fácil compreender, pois Ele não é chamado de filho, mas alguém só é pai em relação à quele a quem criou. Afinal de contas Jesus é o filho de Deus só em relação a sua encarnação ou já o era sempre? Se em algum momento Jesus foi criado, pois a bíblia afirma que Ele é o filho, logo não faz sentido dizer que éle já existia, isso não o faz um ser eterno? Não estou afirmando nada, é só um comentário. Do que está martelando minha cabeça.Um abraço. Duarte

    ResponderExcluir
  35. Imagino eu que deve ter sido esta a linha de raciocínio do apostolo que se atreveu a fazer disso uma doutrina, sem preocupar-se em calçar seu argumento com a Palavra. Mesmo porque e uma idéia sem base escrituristica, mas é um raciocino lógico. Duarte.

    ResponderExcluir
  36. Pastor tenho uma dúvida. Em deuteronômios 5:9, tal como, êxodo 20:5, números 14:18 falam da mesma coisa. Que a iniquidade é visitada por Deus até a terceira e quarta geração por algum pecado cometido dos pais, refletido nos filhos. Concordei com tudo aquilo escrito, só essa parte que fiquei em dúvida, pois até Cam teve sua geração amaldiçoada pela forma como olhou seu pai Noé. Gostaria de saber porque você acha que não exista mais maldição hereditária sendo que não existem relatos no novo testamento sobre, restando-nos basear apenas no velho testamento. Deus te abençoa, um abraço. Emmanuel Ludgero.

    ResponderExcluir
  37. Complementando o raciocínio em supra e tomando apenas como exemplo, no novo testamento em 1 cor 7 Paulo fala do descrente santificado pelo convívio com o crente, mas se este não convivesse obviamente não seria assim santificado. Partindo desse raciocínio e de que uma pessoa que não crê no nome de Jesus Cristo não está santificada por um convívio seja com marido, seja sendo filho(a) de um crente que assim também é santificado(também relatado 1 cor 7), como ele não estaria sujeito à uma maldição sendo que ele não veio a se tornar filho de Deus mas ainda é criatura? Estou tomando base esse raciocínio pela sua explicação baseada na morte de Jesus na cruz, os que não creem então também não estariam sujeitos à maldições estando "santificados" pelo sacrifício de Cristo mesmo sendo criaturas e não filhos? A maldição em Cam foi quebrada na cruz sendo que era para toda a geração dele? Obrigado Pastor pelo carinho e busca da palavra, tem nos ajudado bastante a crescer. Deus te abençoa. Emmanuel Ludgero.

    ResponderExcluir
  38. Arionete Maria Ferreira Cruz21 de março de 2012 12:57

    Pastor Luiz. Creio que a minha observação sobre o assunto, caiu em um momento propicio, diante dos fatos acontecidos. Mas o que quero aqui, é lembrar, que só a um perigo em meio a tudo que se faz hoje em nome do Senhor Jesus Cristo; seja Valdemiro Santiago, com sua ignorância disfarçada em piedade, e seus visíveis milagres; seja o Pastor Jerônimo e suas curas milagrosas e sensacionalistas, seja os grandes mestres, Teólogos, e Pregadores da palavra de
    Deus, que mais parecem Doutores da Lei,em vez homens chamados para viverem o que pregam e ensinam, assim como foi o senhor Jesus e seus
    discípulos. A todos, deixo aqui o que nos alertou o Apóstolo Paulo: "Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e alguns nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores." "Tú porém ó homem de Deus, foge destas coisas; antes segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão." (1Tm 6.10-11). Piedade, como estilo de vida. Essa é a nova proposta de vida, do Senhor Jesus, na nova aliança, e muitos cairão nesse laço. Parabéns pelo Blog.

    ResponderExcluir