23 novembro 2010

CRIANÇAS PRECISAM DE LIBERTAÇÃO? NÃO!

CRIANÇAS PRECISAM DE LIBERTAÇÃO? NÃO!

Deparei-me com um artigo publicado em alguns sites e blogs sobre libertação de crianças que variam em idades de zero a 17 anos. Na entrevista dada por um apóstolo especialista em libertação de crianças, a estes meios virtuais de comunicações, fica claro que para estas pessoas, mesmo aqueles que já tiveram um encontro salvador e libertador com o Senhor Jesus Cristo ainda precisam de libertação. Fiquei a me perguntar se uma criança com dias de nascida precisa de libertação espiritual? Parece-me, para quem advoga tal aberração, que a ou na gestação deve-se ter dado brecha para que o diabo possuísse tal criança ou a atormentasse no útero e ou pós parto. Tentam explicar os possíveis ataques de Satanás sobre as crianças dizendo que os pais tiveram comportamentos não ortodoxos com os filhos e daí estes ficaram vulneráveis no mundo espiritual. Assim sendo, jogam no lixo todo conteúdo humano das crianças, pois, desprezam completamente as influências emocionais que os pais exercem sobre os filhos. O pior é atribuir essa influência emocional dos pais sobre os filhos como atuação demoníaca. Ai ficamos totalmente à deriva de toda sorte de afirmações irracionais.

Tais posturas assumidas em libertação nunca encontram bases bíblicas, mas sempre estão fundamentadas em experiências tidas na vida. Eis o que disse tal apóstolo sobre o início de seu ministério libertador de crianças: “Uma criança de apenas quatro anos estava fora de si e endemoninhada. A força que ela tinha era tão descomunal e desproporcional que três professoras que tentavam controlar a situação sequer conseguiam segurá-la. Impelido quase que à força pela urgência da circunstância, sentiu-se coagido a agir e a fazer algo pelo próprio bem da criança. Ali mesmo, sem qualquer experiência em situações desse tipo, mas movido pela compaixão, ele a tomou no colo e começou, brandamente, a expulsar o espírito que a estava atormentando, enquanto dirigia-lhe palavra de amor e carinho. Mal havia terminado a ministração e a libertação, ele ouviu a sentença divina em alto e bom som: “Faça o mesmo com os outros.” Começava aí o ministério de libertação infantil para o qual estava sendo chamado”.

Tudo começou com a audição de uma sentença divina “Faça o mesmo com os outros”. O que me preocupa é que somente uma sensação basta para se criar qualquer coisa no meio evangélico. Será que foi Deus quem falou? Se foi Deus quem falou existe base em Sua Palavra?

Na entrevista o “apóstolo” confunde o psicológico com o espiritual. Para ele aquilo que é meramente psicológico pode se transformar em algo como ataques demoníacos ou mesmo possessão. O que deve ser tratado como emocional vira uma catástrofe espiritual.

Na mente de tais pessoas ainda persiste a idéia de que filmes podem ser instrumento do diabo para endemoninhar as pessoas e principalmente as crianças. Isso não foge à velha ladainha do Sr. Josué Yrion que chega a dizer que os bonecos do Barney são usados em sacrifícios e para comer cadáveres em San Francisco e o mesmo ainda fala sobre a demonização da Disney etc.

Para confirmar o que digo veja esta pérola do saber espiritual do apóstolo: “Desde desenhos animados (endemoniados) que infestam a televisão, até a simples coleção de figurinhas como Dragon Ball, e jogos de RPG, Games de modo geral. Hoje principalmente na Educação, estamos tendo todo o tipo de principado se manifestando, colocando-se no currículo escolar, e as crianças são conduzidas a leituras de livros sobre Bruxaria, Feitiçaria, etc, com a finalidade de iniciá-las em tais práticas”.

Um sensacionalismo barato e esdrúxulo impera no meio evangélico. Isso é adoecedor e vem se transformando em uma ditadura emocional e espiritual. Tais ensinos têm roubado a infância das crianças e incutido um medo exacerbado nas mesmas, pois, seus pais compram gato por lebre e repassam suas neuras aprendidas em seminários e “estudos bíblicos” para seus filhos, castrando-os de um processo de crescimento natural que envolve a fase da infância. O pior é que estes libertadores criam escolas e repassam seus desequilíbrios emocionais para outros em várias igrejas, que por sua vez se tornam multiplicadoras desse processo doentio. Ainda, somente esses libertadores possuem a chave para completar a salvação e libertação “iniciada por Cristo” na cruz. Sim, para estes o que Cristo fez na cruz foi somente iniciar a salvação e libertação e eles estão ai para concluí-la. Eles possuem o conhecimento especial que produz libertação para adultos e crianças.

Existe outra coisa que me traz grande apreensão é o fato de megas igrejas trazerem tais ensinos para seus currículos doutrinários, chegando ao ponto de criarem ministérios de libertação infantil em seus meios. Isso traz desajustes emocionais nas crianças ao longo dos anos. Não devemos estranhar se tais crianças ao chegarem à adolescência ou saindo dela não estejam mais nas igrejas. Quando perceberem a grande falácia a que foram submetidas se rebelarão contra tudo e todos. Ai sim, os pais verão a face negra do mal em suas vidas. Ensinar a criança no caminho que deve andar é levá-la a ter temor do Senhor, a ter uma infância natural e sadia como as demais, a mostrar a maravilhosa Graça de Jesus e seu grande amor. Nós pais devemos oferecer um lar equilibrado para nossos filhos, isento de fobias diversas, com amizades bem constituídas e uma cosmovisão sadia.

Crianças não precisam de libertação espiritual. “deixai vir a mim a criancinhas porque delas é o Reino dos céus”, disse o Senhor Jesus.

Soli Deo Gloria

Pr. Luiz Fernando R. de Souza

37 comentários:

  1. Amado Pastor Luiz Fernando,

    Meu nome é Ricardo Ferreira Lima, sou Pastor Evangélico consagrado na Assembléia de Deus e quero contar minha história.
    Nasci em São Paulo, Capital no ano de 1966, filho de Manoel (Pernambucano) e Alice (paranaense) eu acordei por volta de 04 anos de idade. Me recordo do dia em que acordei, do momento especifico que acordei para o mundo, eu estava andando no quintal da casa que residiamos.
    Minha mãe dizia que eu quando criança falava muito que iria pegar uma faca para lhe tirar a vida. Isso eu carreguei durante anos.
    Meu sobrinho, tinha problemas e não falava, com 06 anos eu levei ele a uma médica que disse nunca ter visto criança tão perturbada. Da clinica fomos a casa de um missionario que orou por ele e no mesmo dia ele passou a falar e no dia seguinte passou a escrever sem ninguem ter ensinado.
    O irmão pode crer que crianças não necessitem de libertação, ja eu vivi isso!
    Sei como o diabo consegue espaço nessas pequenas vidas e sei que não é um pastor no banco da igreja desenvolvendo diversos estudos que ira tirar.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. É precisamos estar sempre na direção do Espírito Santo,pq tenho ouvido muitas coisas q eu ñ concordo,Ex: q crianças precisam aceitar a Cristo senão ñ tem salvação?,onde está isso na palavra ,como o sr bem disse q Jesus disse
    Mar 10:14 - Jesus, porém, vendo isto, indignou-se, e disse-lhes: Deixai vir os meninos a mim, e não os impeçais; porque dos tais é o reino de Deus.
    E tb posso incluir q uma vez salavo sempre salvo?
    O nde fica o ver q diz
    43 E, quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra.
    44 Então diz: Voltarei para a minha casa, de onde saí. E, voltando, acha-a desocupada, varrida e adornada.
    45 Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e são os últimos atos desse homem piores do que os primeiros. Assim acontecerá também a esta geração má.
    sinto muita incoerência

    ResponderExcluir
  5. Prezado colega Pr. Ricardo,
    agradeço sua visita ao blog. Ela em muito o enriquece. Este espaço uso para debater idéias e não pessoas, por isso, deixo claro que respeito e considero profundamente sua pessoa. Pondero sobre seu comentário o seguinte: 1 - A experiência de qualquer pessoa não serve como base para formularmos doutrinas. Se assim fosse nunca teríamos uma coerência doutrinária, pois, experiência varia de pessoa para pessoa. 2 - Já em minha experiência como pastor me deparei com dezenas de casos onde se afirmava que era possessão demoníaca e isso envolvendo crianças e adolescentes. Nestes casos vi pessoalmente vários irmãos tentando expulsar os demônios destes meninos e nada conseguiam, pois, não eram demônios e por isso não podiam ser expulsos. Em um caso específico várias irmãs da A. de Deus expulsavam demônios de uma criança de 13 anos e quando cheguei constantei que a mesma tinha deixado de tomar remédios controlados, daí suas crises convulsivas. No domingo seguinte toda a família estava na igreja e o pai veio me agradecer a maneira como tratei sua filha. 3 - No texto citado o pretenso apóstolo não ofereceu embasamento biblico e teológico para suas atitudes e sim revelações extra bíblicas. Isso é igual a nada em termos de ensino e formulação doutrinária. Assim sendo, respeito profundamente sua experiência e creio ter sido muito verdadeira, mas mesmo tal experiência não justifica ou serve como base para se forma doutrina. 4 - Não existe nem nunca existiu qualquer incompatibilidade entre conhecimento e fé, antes somos encorajados pelo apóstolo Pedro a "crescermos na Graça e no conhecimento do Senhor Jesus Cristo". Um pastor que desenvolve seus estudos e isso em profundidade, como deveria ser feito por todo pastor, está mais capacitado a discernir as situações com maior clareza. Ser cheio do Espírito Santo não é incompatível com o muito estudar. Creio que ambas as situações podem e precisam andar juntas. Os puritanos tinham como princípio para seus pastores que os mesmos deveriam ser homens "cultos e santos", por isso, fundaram a Universidade de Harvad nos EUA. Acredito que libertação de crianças e adolescentes nos termos colocados pelo "apóstolo" realmente nunca existiu ou exitirá. Com certeza ainda veremos muitas coisas ao longo dos anos no ministério.
    Deus o abençoe ricamente juntamente com sua família e ministério.
    Obrigado por sua visita.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  6. Concordo em absoluto!!

    Na há nenhum indicio Escrituristico que apoie essa prática. Um boa educação cristã, pautada na Revelação Final de Deus, sua Santa e Bendita Palavra, dada por pais piedosos e dedicados, são premissas básicas para a formação do carater de seus filhos com uma cosmovisão cristã, integrada a vida e seu contexto mediato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa educação cristã e pais piedosos e dedicados? Desculpe a pergunta, mas qual região do Brasil você vive? Na teoria isso aí que você disse é tudo muito bom, porém, na prática...

      Excluir
  7. Prezada irmã Cecília,
    temos visto e ainda veremos muita incoerência em nosso meio. Vamos continuar centrados na Palavra para não perdemos o equilíbrio.
    um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  8. Prezado irmão Leonardo,
    O que acrescentar ao seu comentário?: Nada.
    Um forte abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  9. Meu nobre colega e amigo me delicio nas suas centradas posturas teológicas, o equilíbrio é a fonte de sua inspiração. Deus o abençoe.
    Há em tempo....rsrsr.. cuidado com o Fofão..(risos) não me contive.................

    ResponderExcluir
  10. Prezado Pr. Hélio,
    agradeço suas palavras. Servem de incentivo para continuar. Realmente cuidado como fofão, essa foi demais.
    Um abraço
    Em Cristo
    Pr. Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  11. pastor,graça e paz.meu nome e geziel lima,sou pastor na AD em barreto-niteroi-rj,recebo sempre suas mensagens,observo sempre seus comentarios,tenho vontade d conhecer sua igreja,acredito q deve ser uma igreja modelo para o mundo poque pelas coisas que o sr.defende duas coisas estao acontecendo:o sr.e o unico certo ou tds.sao errados.mande fotos de sua igreja,acredito q seja uma grande igreja com muitos sinais e milagres diante do pleno e santo evangelho q o sr.ministra.um forte abraço.paz.

    ResponderExcluir
  12. Amado Pastor,concordo plenamente que assistir desenhos da disney,Xuxa e brincar de Barbie seja capaz de endemoniar uma criança,mais discorno na tese que crianças não necessitam de libertação,atualmente falta muita sabedoria e dissirnimento de espírito para distinguir o espiritual do carnal,muitas crianças com problemas mentais realmente são rotuladas como endemoniadas,mais infelizmente existem maldições que acompanham famílias e muitas das vezes é necessário um trabalho profundo de quebra de maldição,pois existe maldições hereditária,porém falta sabedoria e conhecimento de nós servos de Deus para faz distinguir uma situação da outra.

    ResponderExcluir
  13. Prezado colega Pr. Geziel,
    agradeço sua visita ao blog. Aquele que realizou a maior obra na história da raça humana terminou seus dias com aproximadamente 120 discípulos e estes eram medrosos. Parece-me, pelo seu comentário, que o colega discorda de algumas posturas por mim assumidas aqui neste espaço. A discordância nunca deve ser desprezada, pois, sempre faz um contra-ponto. Mas a discordância pela discordância em si nada é. Acredito que sinais e milagres como base para a igreja seja uma visão distorcida da Palavra. Em Apoc. os homens vendo sinais de proporções mundiais na natureza, ainda assim não glorificarão o Rei dos céus. Creio ser suficiente a pregação da palavra no poder do Espírito. Em nossa igreja não existe esta neura de tentarmos ser os maiores em tamanho. Queremos ser exatamente aquilo que o Senhor tem designado para nós. Por incrível que pareça temos tido conversões autênticas e crescemos dentro do proposto. Por incrível que pareça recebemos mensalmente dezenas de irmãos vindos das megas igrejas, pois, encontraram algo diferente aqui em nosso meio. O povo de Deus anseia pela Palavra sem as esquisitices reinantes no meio gospel. Nós como igreja e eu como pastor não abraçamos modismos, nem nos deixamos guiar por ventos doutrinários. Preferimos o alicerce da Palavra.
    Que o Senhor Deus lhe cumule de bençãos e que seu ministério seja frutífero.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  14. Pr. Luiz Fernando, que o senhor continue abençoando e lhe de sempre o dicernimento correto da Palavra. Acho que as pessoas estao procurando modismo e mega eventos nas igrejas, onde deveriam estudar mais a palavra em sua essencia. graça e paz!

    Emerson Ramos IB boa vista - BH

    ResponderExcluir
  15. Prezado irmão Emerson,
    agradeço suas palavras incentivadoras. Elas nos movem a continuar. Realmente o que tem prevalecido em nosso meio é o modismo. Se da ibope então vale tudo. Se atrai multidões deve ser bom. Nada disso deveria ser importante e como você mesmo disse a Palavra deve prevalecer sempre.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  16. Estou de pleno acordo quanto às críticas dirigidas ao sensacionalismo e extremismos neopentecostais vindo de "apóstolos", que somente visam se tornar bem credibilizados como novos messias, com suas "descobertas".
    Contudo, creio que devemos reconhecer que há alguma base bíblica, mesmo que discutível, para possessão demoníaca de crianças, conforme a encontramos em Marcos 9.21. Está no contexto da cura de um jovem possesso. O texto é peculiar ao evangelista Marcos, pois só ele registra a pergunta que Jesus faz ao pai do jovem: "Há quanto tempo isto lhe sucede?". A resposta do pai é elucidativa: "Desde a infância". A palavra usada pelo evangelista no texto grego (advérbio paidióthen), embora não sendo a mesma que Paulo usa em 2Tm 3.15, quando lembra que Timóteo foi instruído no conhecimento das sagradas letras "desde a infância", pode também se referir a uma infância tenra. A que Paulo usa em 2Tm 3.15 (substantivo brefos) é clara referência a desde os tempos de bebê, inclusive ainda no ventre materno, conforme Lc 1.41. Só fica difícil estabelecer com segurança a que faixa de idade na infância se refere o advérbio paidióthen porque em todo o NT ele só aparece em Mc 9.21.
    O pior da teologia neopentecostal é a sua infeliz base de causa e efeito, que gera culpa em pais crentes e crédito a eles como verdadeiros messias "libertadores".

    ResponderExcluir
  17. Apenas para registrar que li o texto e todos comentários abaixo.
    Andréia

    ResponderExcluir
  18. Prezado irmão Marco Antônio,
    suas colocações são excelentes. Sem entrar no mérito do grego,pois, o espaço não permite, atenho-me aos desvios doutrinários da péssima teologia destas novas igrejas que desprovidas de história e memória fazem afirmações descabidas em troco de nada.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  19. Irmã Andréia,
    obrigado pela visita. Sempre enriquece o blog.
    um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  20. Olá pastor,

    bom ter encontrado com o senhor na padaria, pois assim fiquei conhecendo seu blog. Vou passar sempre por aqui. Já percebi que é um lugar que ressoa uma voz comprometida com o EVANGELHO antes do que com ideologias manipuladoras em prol de defesas de instituições apenas. Parabéns
    Um abraço,
    Flávia Costa

    ResponderExcluir
  21. Ola Pastor Luiz Fernando

    GOstei bastante do seu artigo e gostaria de saber se posso indica-lo no nosso blog.

    Fazemos parte de um ministerio que trabalha com evangelismo de crianças atraves do esporte e da recreaçao.

    Um abraço

    Jorge Luiz - Tio Presunto

    ResponderExcluir
  22. Prezado irmão Jorge,
    fique à vontade para reproduzir o texto. Espero que ajude.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  23. Olá Pr. Luiz Fernando

    Se quiser conhecer o nosso espaço é o seguinte:

    www.em.org.br

    www.em.org.br/blog

    www.em.org.br/presunto

    Um abraço!

    Jorge Luiz - Tio Presunto

    ResponderExcluir
  24. Prezada irmã Flávia,
    fiquei feliz em ver seu crescimento pessoal. Espero tê-la por aqui várias vezes. Deixe o endereço do seu blog para divulgá-lo também. As coisas boas precisam aparecer
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  25. Amado Pastor Luiz Fernando,
    Desculpe mas quando o senhor "afirma" que outra pessoa não tem “base Bíblica” da uma impressão de que o amado é "Superior" em "conhecimento da escrituras". Saliento que em sua primeira mensagem o amado não utilizou um texto sequer da Bíblia.
    Gostaria que o Senhor abrisse a vossa Bíblia no Livro de Marcos no Capitulo 9:
    17 E um, dentre a multidão, respondeu: Mestre, trouxe-te o meu filho, possesso de um espírito mudo;
    18 e este, onde quer que o apanha, lança-o por terra, e ele espuma, rilha os dentes e vai definhando. Roguei a teus discípulos que o expelissem, e eles não puderam.
    19 Então, Jesus lhes disse: Ó geração incrédula, até quando estarei convosco? Até quando vos sofrerei? Trazei-mo.
    20 E trouxeram-lho; quando ele viu a Jesus, o espírito imediatamente o agitou com violência, e, caindo ele por terra, revolvia-se espumando.
    21 Perguntou Jesus ao pai do menino: Há quanto tempo isto lhe sucede? Desde a infância, respondeu;
    22 e muitas vezes o tem lançado no fogo e na água, para o matar; mas, se tu podes alguma coisa, tem compaixão de nós e ajuda-nos.
    23 Ao que lhe respondeu Jesus: Se podes! Tudo é possível ao que crê.
    24 E imediatamente o pai do menino exclamou [com lágrimas]: Eu creio! Ajuda-me na minha falta de fé!
    25 Vendo Jesus que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai deste jovem e nunca mais tornes a ele.

    No versículo 17 identificamos um espírito MUDO;
    No 18 discípulos que não conseguiram expelir o espírito;
    No 19 a causa de não conseguir expelir “Incredulidade na palavra”;
    No 20 demonstra o reconhecimento do espírito existente na autoridade de Cristo;
    No 21 “refuto suas afirmações” O Pai diz que é desde a infância!!! (esta na Bíblia);
    No 25 O Senhor Jesus Cristo repreendeu o? espírito imundo. Não uma conduta errada de uma criança;
    Meu amado irmão Pastor, não estou aqui para medir conhecimento com o senhor, prefiro me auto intitular Pastor Zé, o menor de todos.
    Mas nem por isso, deixo de ser lavado e remido no sangue de Jesus, talvez o senhor não teve nenhuma experiência no satanismo, por favor, não ofenda quem teve para que não venhamos a cair no maior erro humano.
    (Iras, pelejas, contendas... ) Gálatas 5.
    Por favor, quantas pessoas você efetivamente orou e elas caíram possessas em sua frente?

    Vamos continuar o dialogo!!!
    Obrigado


    Gostaria que o Senhor abrisse a vossa Bíblia no Livro de Marcos no Capitulo 9 e no verso 21.

    Somente este texto demonstra algo que talvez tenha lhe passado dispersebido

    ResponderExcluir
  26. shalon pastor fernando eu concordo plenamente com o senhor crianças sim precisam d libertação em varias a areas, em suas vidas,,,,
    eu sou líder da rede de criança do meu ministerio,,e temos ajudados varias crianças com dificuldade,,,,,tem crianças q cai a te possesas,,q são oferecidas a demônios e elas precisam ser livres e libertas das amarras do diamo......

    ResponderExcluir
  27. Olá a todos, sou evangelista de Crianças a 30 anos, certa vez visitei uma igreja onde tinha uma criança que afirmava ver um espirito dentro de uma casa velha abandonada, sempre ao ir e vir da escola ele afirmava que a velha estava lá olhando para eles, a primeira atitude que tive além de muita oração, foi visitar a casa da criança um lugar sujo, palavrões, funks, pai alcoólatra, a mãe me confessou ter tentado o aborto quando soube da gravidez desse criança....enfim..... fizemos uma campanha de oração e libertação quando um belo dia a criança caiu na igreja gritando corpo todo torto coisa horrível... hoje passado 8 anos do ocorrido, a criança já é jovem, pertence ao louvor da igreja e parte de sua família também já esta salva, mais do que comprovada LIBERTAÇÂO espiritual dessa criança....(Esdras 8:21 - "Então proclamei um jejum ali junto ao rio Ava, para nos humilharmos diante do nosso Deus, a fim de lhe pedirmos caminho seguro para nós, para nossos PEQUENINOS/CRIANÇAS)
    Fiquem na paz
    Angela

    ResponderExcluir
  28. Glória a Deus, Até que enfim chegamos ao conhecimento da palavra, afinal é ela quem LIBERTA.
    Mateus 9:17-27 - Homens de Deus não se defendem, nem rebatem, apenas apontam o caminho, o restante é Deus quem faz.
    Que sirva de lição e crescimento para o seu ministério Pr. Luiz Fernando.

    ResponderExcluir
  29. Glória a Deus!!!! Até que enfim chegamos ao conhecimento da palavra, afinal é ELA quem LIBERTA. Mateus 9:17-27.
    Homens de Deus não se defendem, nem rebatem, apenas apontam o caminho. O restante é o Espírito Santo quem faz. Que sirva de crescimento para o seu ministério Pr. Luiz Fernando.
    Saudações em Cristo Jesus, o mesmo que era é e há de vir

    ResponderExcluir
  30. Onde estão as referências bíblicas????

    ResponderExcluir
  31. Onde estão as referências bíblicas????

    ResponderExcluir
  32. Pastor com todo respeito acredito que o presente pastor esqueceu de considerar o caso do "jovem lunatico" ao qual o pai disse que tinha um espirito mudo e que desde criança tal fato da ação do demonio nele ocorria, ATÉ AQUELE MOMENTO AOS PÉS DE JESUS CRISTO QUE EXPULSOU O DEMONIO ORDENANDO NUNCA MAIS ENTRAR NELE.

    O Presente pastor ja viu casos de possessão demoniaca por Kundalini e Kundalini Shakpat em Crianças? Já viu!!!
    Fora pessoas que conheci pessoalmente que desde o ventre foram consagradas há espiritos de homoxessualidades (confessado por este pelos pais) e que viveu até a idade adulta, trilhando o caminho da homoxessualidade vestindo de menina desde pequenininha pelo proprio gosto e desejo dos pais, passando para si proprio.
    Este tambem (conheci pessoalmente) foi sendo liberto após ir para uma igreja seria de oração proximo a região aonde residia, com muita RESISTENCIA.
    Questiono se suas Ovelhas são todas libertas, inclusive crianças, (a maioria não manifesta).
    Lucas

    ResponderExcluir
  33. Lamento Pastor, mas começe a pregar sobre libertação dos filhos e filhas do Povo de Deus, pois há muitos pais casados e Viuvas que sofrem com manifestação demoniaca e ou atividade demoniaca nos filhos e ou sobrinhos de varios destes, fora as viuvas e as mulheres de muita idade com filhos perturbados.

    O Prezado Pastor sabia que lastimavelmente isso tem se tornado um certo mal habito, hoje o rapaz já é adulto e ainda precisa de libertação.

    Só falta Jesus Aparecer dentro da IGREJA expulsar o demonio destes e ainda alguem dizer que é dia de sabado e ou não fez campanha disso e ou daquilo. "Nada Podemos contra a Verdade e sim a favor dela..."2 Coríntios 13:8
    e
    Porque nada há encoberto que não haja de ser manifesto; e nada se faz para ficar oculto, mas para ser descoberto. Marcos 4v22 ou Lucas 12v2.

    Que Deus prospere seu Ministerio, Conforme a Verdade do Evangelho da Salvação Por Jesus Cristo.
    Lucas.

    ResponderExcluir
  34. EU VOU DIZER UMA COISA, UMA CRIANÇA NO SEU CORPO TERRENO É UM CORPO MAS ESPIRITUALMENTE É UMA ALMA. E TODA ALMA QUE NÃO SERVE A DEUS NEM OBEDECE TEM PECADO E NISSO EXISTE DEMONIOS TRABALHANDO PARA A DESTRUIÇAO DA PESSOA. ISSO NAO DEIXA DE SE ESTINGUIR EM CRIANÇA. É A MESMA COISA. CRIANÇA PRECISA SIM DE LIBERTAÇAO. E SE O ESPÍRITO SANTO USA UM HOMEM PRA LIBERTALOS EU QUERO VER QUEM VAI IMPEDIR.
    POR QUE DEUS É UM DEUS DE MISTERIO, MILAGRES, DEUS QUE LIBERTA QUEM FOR. ATÉ VOCE! DEUS USA O HOMEM COMO QUER E LIBERTA QUEM ELE QUISER E NA SUA VONTADE, E ISSO É VERDADE SIM.

    Junior, 14 anos

    ResponderExcluir
  35. Amado pastor, meu nome é Everlyn sou pastora, entendo sou posição pois há muitos exageros e misticismo na igreja brasileira, e creio que o seu o seu posicionamento seja devido a isso, porém como você por muitos anos não acreditei em libertação e sempre questionava tudo, os meus 25 anos de conversao e mais 5 anos em um seminário teológico, contando com a minha personalidade me fizeram ser um pouco questionadora e até muitas vezes incrédula, mas ao ouvir falar dessas coisas de libertação, progecias, dons sobrenaturais e não aceitando muito, um dia orei ao Senhor e disse: se existe algo a mais que eu não experimentei no seu reino eu quero experimentar, então algumas coisas foram acontecendo, sobrenaturais comigo, e tudo que acontecia eu ia na Palavra para estudar, e observei que algumas curas realizadas por Jesus era através de expulsão de demonios( claro já tinha lido antes isso na biblia) em Marcos 9 :17-29 conta a história de um menino endemoniado e no vers. 21 o pai conta que isso acontecia desde a sua infância. A partir daquela oração muitas coisas mudaram em minha vida, só pelas experiências que estou vivendo mas porque em cada uma delas posso observar na Palavra de Deus uma resposta. Fica na paz amado pastor

    ResponderExcluir
  36. Amado pastor, meu nome é Everlyn sou pastora, entendo sou posição pois há muitos exageros e misticismo na igreja brasileira, e creio que o seu o seu posicionamento seja devido a isso, porém como você por muitos anos não acreditei em libertação e sempre questionava tudo, os meus 25 anos de conversao e mais 5 anos em um seminário teológico, contando com a minha personalidade me fizeram ser um pouco questionadora e até muitas vezes incrédula, mas ao ouvir falar dessas coisas de libertação, progecias, dons sobrenaturais e não aceitando muito, um dia orei ao Senhor e disse: se existe algo a mais que eu não experimentei no seu reino eu quero experimentar, então algumas coisas foram acontecendo, sobrenaturais comigo, e tudo que acontecia eu ia na Palavra para estudar, e observei que algumas curas realizadas por Jesus era através de expulsão de demonios( claro já tinha lido antes isso na biblia) em Marcos 9 :17-29 conta a história de um menino endemoniado e no vers. 21 o pai conta que isso acontecia desde a sua infância. A partir daquela oração muitas coisas mudaram em minha vida, só pelas experiências que estou vivendo mas porque em cada uma delas posso observar na Palavra de Deus uma resposta. Fica na paz amado pastor

    ResponderExcluir