03 abril 2010

TRÊS MILAGRES POR 1000,00

Mais uma vez fomos atacados violentamente em uma tentativa de espoliação de nosso dinheiro. Mais uma vez Malafaia e seus pares adentraram em nossos lares com promessas não verdadeiras atrás de nosso dinheiro. Tal ataque já tinha sido anunciado há algumas semanas. Malafaia avisou que faria isso quando anunciou que o Sr. M. Murdock participaria de seu programa e para nossa angústia esse programa será reprisado algumas vezes. Como sempre fazem tais vendilhões do templo gospel adentram nossos lares com afirmações de novas revelações por parte do Espírito Santo. Não possuem base bíblica para tais afirmações daí apelarem para novas revelações. Calvino já nos advertia contra tais novas revelações já em 1540 aproximadamente. Lutero disse: “Fiz uma aliança com Deus: que Ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer tanto para esta vida quanto para o que há de vir.”

Em agosto de 2009 M. Cerullo veio a este programa e tentou nos convencer a doarmos R$900,00 e assim seria liberada sobre nós uma unção financeira ilimitada até dezembro de 2009. Agora M. Murdock se apresenta tentando nos convencer que se doarmos R$ 1.000,00 três milagres serão liberados em nossas vidas.

Gostaria de comentar algumas aberrações ditas neste programa de 03/04/2010:

1 – A reação a um profeta do Senhor determina a reação de Deus para com o homem.

Em primeiro lugar M. Murdock se coloca na posição e condição de profeta de Deus. Como se tivesse um chamado para ser profeta no Séc. XXI. Esse tipo de afirmação tenta respaldar suas falas e afirmações. Quem é competente para questionar um profeta? Nesta base tais pessoas se valem de uma autoridade auto proclamada e auto assumida e querem empurrar isso goela abaixo para a igreja. A afirmação feita por Murdock é descabida e indutiva. Isso leva o povo a crer que está obedecendo a Deus diretamente. Isso não é e nunca será verdade.
Esse tipo de pensamento e ensinamento coloca Deus como um ser desprovido de soberania, pois, fica aguardando o homem fazer para depois Ele fazer. A Bíblia nos diz que: “
Agindo Deus quem impedirá?” Na Bíblia sempre a iniciativa é de Deus. Deus não reage ao homem. Deus age em relação ao homem e o homem reage à ação de Deus. Você pode argumentar sobre o caso do Profeta Jonas e a cidade de Nínive. Jonas pregou e os habitantes de Nínive se arrependeram, então é lícito concluir que Deus mudou seus planos. Deus nunca muda seus planos. Temporariamente, neste caso, Deus não executou seu juízo, mas 300 anos depois Nínive foi totalmente destruída.

2 – Murdock disse que seu novo livro está cheio de revelações poderosas. Mais parece com o livro mágico do Pr. Uriel do movimento de Boston, que teve uma revelação do livro que o profeta comeu ou se não me engano de um dos livros do Apocalipse, onde um anjo falava diretamente com uma equipe de seu ministério dando o significado de tal livrinho. Tal livro do Pr. Uriel tinha tanto poder que quando alguém tocava nele caia em arrebatamento espiritual. Ao longo do programa do Malafaia, Murdock leu algumas das novas e profundas revelações que recebeu. Mais parece conto da carochinha. Tentou demonstrar uma sabedoria espetacular, mas frontalmente contrária à Palavra de Deus. Ele disse algo parecido com isso: “se você insistir em tomar algo que Deus não lhe ofereceu, Ele tomar de volta o que lhe deu”. Deus, nesta forma de pensamento, mais parece um menino zangado que dá e porque foi decepcionado retira o que deu. Murdock cita Sansão como exemplo. Deus havia dado a ele uma unção, mas Sansão quis Dalila, aí Deus retira o poder de Sansão. O texto nos fala do pecado de Sanção ao quebrar o voto do nazireado e nunca essa lei imposta por Murdock. Tudo para tal pregado são leis espirituais. Se forem praticadas tudo ire bem, mas se forem quebradas o mal será descarregado em nós. Mais parece com o livro o Segredo. Exatamente o mesmo princípio.

3 – Murdock disse: “A única coisa que cria o favor de Deus é a obediência”.

Nunca vi tanto besteirol como nessa afirmação. Se for favor, Graça, então não é por atitude humana. O próprio termo favor ou Graça exclui a participação do homem, pois, Graça é o favor de Deus que nós não merecemos e nem fizemos por merecer. Mas para o grande sábio Murdock o favor de Deus é recebido quando obedecemos e acredito que assim diz para fortificar sua palavra que ele é profeta de Deus. O ensino da Graça soberana não nos empurra para a total passividade, mas nos lembra que Deus é a fonte de tudo, que a Sua graça deveria estar longe de nós, apesar de tudo que pudessemos fazer, mas Ele atua em minha vida e ai eu sou capacitado a fazer.

4 – Outra pérola: “Você deve semear a expectativa de uma semente”. Tal afirmação faz coro com o famigerado ensino do Dízimo Profético. Esse ensino diz que devemos dar o Dízimo Profético, ou seja, devemos dizimar a quantia que esperamos receber 10 vezes mais. Entrego o dízimo antecipadamente sobre a quantia que quero ganhar. Ensino profano e mundano. Chega às raias da obscenidade. A prova disso é que no final do programa Murdock pede para as pessoas ligarem e se comprometerem com a oferta mesmo que não tenham dinheiro. Pede para as pessoas se comprometerem que ofertarão assim que Deus lhes abençoar. Pede para que ofertem daquele dinheiro que está reservado para um carro novo, uma viagem ou mesmo uma imprevisibilidade na vida. No fundo ele pede que ofertem de qualquer maneira, ou seja, não quer saber de onde virá o dinheiro, ele quer é o dinheiro. Acredito que centenas de pessoas contrairão empréstimos para ofertar. Muitos deixarão de realizar algo importante para suas famílias e ofertarão.

5 - Murdock orou para liberar três milagres sobre os contribuintes.

1º milagre – Salvação de todos os familiares de todos os contribuintes em 12 meses.

2º milagre – Deus restituirá 7 vezes mais tudo aquilo que o Satanás levou.

3º milagre – Alguém demonstrará favor financeiro para cada contribuinte.

Analisemos os 03 milagres prometidos:

1º milagre: Salvação de todos os familiares de todos os contribuintes em 12 meses.

Ninguém pode garantir a salvação de ninguém, pois, a salvação vem de Deus e é obra de Deus. Sabemos que nem todos os seres humanos serão salvos, pois, Deus tem os seus eleitos e somente os tais serão salvos. Tal afirmação caminha para o Universalismo, doutrina que ensina que todos serão salvos, pois, Cristo morreu por todos. Logo ninguém se perderá. Sendo assim tudo fica mais fácil, pois, basta esperarmos para vê-los salvos. A salvação exige a responsabilidade do homem e está nunca será deixada de lado. O homem precisa responder ao sacrifício de Cristo e isso ele somente o faz quando é regenerado pela graça mediante a fé.

Agora, afirmar que porque alguém ofertou R$ 1.000,00 no ministério X salvação chegará a toda sua família no prazo de 12 meses é algo estranho à Bíblia e mentiroso. É um engodo dos mais terríveis. Salvação nunca foi e nunca será vinculada a oferta financeira, mas somente à Graça de Deus. Por isso, os reformadores cunharam uma das máximas da Reforma: SOLA GRATIA.

Está é a mesma mentira proclamada por M. Cerullo em agosto de 2009 no mesmo programa. Naquela ocasião quem desse uma oferta de R$ 900,00 receberia salvação em sua família. Nesse ponto Malafaia é coerente, pois, só trouxe ao Brasil profetas da mesma extirpe. Todos proclamando as mesmas asneiras.

2º milagres: Deus restituirá 7 vezes mais tudo aquilo que o Satanás levou.

Quem é M. Murdock para afirmar o que Deus fará esta restituição? Será que é tão intimo de Deus a ponto de saber tais segredos da Divindade? Pense um pouco: Por que não 70 vezes mais? Por que não 700 vezes mais? Para quem pensa tão grande como Murdock 7 constitui-se em um número muito pequeno, não acha? Qual o prazo dessa restituição?

Tal afirmação de Murdock deixa Deus à mercê do Diabo. Como se Satanás fizesse o que bem entende sem prestar satisfação para ninguém. Não entendo essa mania ou ensino idiota de atribuir nossos fracassos a Satanás. Tudo o que deu errado foi o Diabo. Isso tira a responsabilidade do homem e transfere para o mundo espiritual. Ai vem alguém especial e promete que por R$ 1.000,00 que tudo voltará 7 vezes mais. Acho engraçado isso, pois, a Bíblia nos diz que Deus retribuiu a Jó 2 vezes. Muito esquisito isso!

Agora fica a pergunta: O que foi que Satanás levou? Ou o que foi perdi por causa dos meus pecados e erros de avaliação? Ou onde entra nisso tudo a Soberania de Deus?

3º - Alguém demonstrará favor financeiro para cada contribuinte.

Parece-me que alguém aparecerá do nada e dará dinheiro e resolverá todos os problemas instantaneamente. Que coisa ridícula e descabida.

O que achei mais lindo nisso tudo foi a garantia que o ofertante receberia um exemplar do novo livro de M. Murdock e um belíssimo certificado de participante do seleto grupo que quer ganhar um milhão de almas. Algo subsidiado por princípios de marketing. Acredito que centenas de cristãos colocarão o tal certificado em seus escritórios, salas de jantar ou mesmo nas cabeceiras de suas camas e se sentirão realizados e orgulhosos do que fizeram. Que pena!

Terminando Mudorck profetizou que Deus estava revelando a ele que havia uma pessoa que estava precisando de um milagre financeiro, pois, tal pessoa passa por grande crise, então deveria plantar uma semente dos seus negócios, ou seja, dizimar sobre valores arrecadados em sua empresa. Que profecia esdrúxula! Que profecia caquética! Que profetada! Observe a afirmação: Existe uma pessoa que está passando por sérios problemas... Fiquei a me perguntar: Qual pessoa? Quantos entenderão que a tal profecia diz respeito a eles? Acredito que milhares. Não houve nome de ninguém. Não houve indicação dos negócios desta pessoa. Nada específico, somente o geral. Isso contraria a Palavra de Deus que nos diz que quando o Espírito Santo falou Ananias sobre Paulo, Ele disse quem era a pessoa, como se encontrava, na casa de quem se encontrava e o nome da rua onde tal casa se localizava. Isso é profecia. Inquestionável. Ágabo profetizou utilizando o cinto de Paulo, ou seja, identificou a pessoa e mostrou o que aconteceria e Paulo recebeu tal profecia, creu nela e não se intimidou ou abalou diante dela, mas confiantemente disse que estava pronto não somente a viver, mas também a morrer por Cristo.

Logo depois o grande profeta Murdock profetizou que Deus levaria ao sucesso 12 pessoas e que era para que tais pessoas ofertassem os R$ 1.000,00. Embasou o número 12 nos números dos 12 apóstolos, nas 12 tribos de Israel e nas 12 portas da Nova Jesuralém. Estas 12 pessoas deveriam oferta 12 sementes de R$ 1.000,00 durante os próximos 12 meses. Estas 12 pessoas são sementes extras. São 12 negócios que terão favor sobrenatural de Deus.

JÁ VIMOS ESTE FILME EM AGOSTO DE 2009. CERULLO EMBASOU ASSIM SEUS R$900,00: O PORQUE DOS R$ 900,00 É POR ESTARMOS EM 2009 E NOVE É NÚMERO DE COMPLETUDE. 2008 ERA O ANO DE DO INÍCIO E 2009 ANO DE SER COMPLETO.

No final do apelo Murdoch disse assim: “Quanto mais rápido a semente entrar no solo, mais rápido você verá o seu crescimento.

Lembrou o grande enviado Papa Leão X Johann Tetzel. Padre dominicano que foi encarregado pelo papa para vender indulgências na Alemanha no tempo de Lutero. Tetzel tinha uma máxima: “Tão logo a moeda no cofre ressoa, a alma sai do purgatório.” Parece muito com a esta palavra de Murdock, não parece? Refiro-me a rapidez dos resultados.

O que muito me estranha é não ver nenhum tipo de censura por parte da denominação pertencente tais pastores. Que pena!O que me estranha também é não existir ninguém com penetração na mídia para questionar essas coisas. Mesmo as denominações tidas como históricas, aquelas que estão na mídia, têm se calado concordando assim com essa orgia gospel.

Creio que ainda restam os 7000 que não dobraram seus joelhos a Baal.

Soli Deo Glória

Pr. Luiz Fernando R. de Souza

29 comentários:

  1. Olá Pr. Luiz.

    Excelente postagem. Republiquei no Bereianos, ok?

    Um absurdo o que estes senhores proclamaram em rede nacional. Estou estupefado, "ad nausean" total! Temos que denunciar e alertar o povo!

    Grande abraço.

    Soli Deo Gloria!

    Ruy - blog Bereianos

    ResponderExcluir
  2. Prezado irmão Ruy,
    a publicação em seu blog é uma honra para mim. Fique sempre à vontade em fazê-lo. Realmente é um absurdo e dá náuseas mesmo. O pior é que milhares ofertarão como o fizeram no ano passado.
    Vamos continuar tentando ser coerentes.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  3. Graça e paz, amado.

    Vou publicar a sua postagem no meu blog. www.reverendoalessandro.blogspot.com

    Fique na bênção.

    Shalom.

    ResponderExcluir
  4. Caro Pr. Luiz
    Realmente fico contente em ler seus artigos, sempre acompanho suas postagens. o que tenho acompanhado no decorrer dos anos no mundo evangelical é muito triste, no entanto as novas investidas de alguns "tele" tem vacinado o povo contra o evangelho, lançando o nome "evangélico" na lama, a teologia da libertação foi o fruto de um tempo; a teologia liberal é sumamente academiscista, portanto, perto dos intelectuais e longe do povo, no entanto a praga da "benção por dinheiro" atrai pois vem de encontro a grande massa descompromissada e desejosa de resultados imediatos ou a curto prazo, chego a conclusão que a "Pseudo-cura", custa mais caro para o "evangelical" do que para alguém que paga plano de saúde. a benção, só acontece quando estes "gurus" da reliosidade determinam, esta filosofia de pensamento que apregoa a tão grande importancia do vil metal ante a Deus, é a "teologia que o diabo gosta".
    no entanto reafirmo os pontos da Bandeira da Graça, onde: "solus Christus" para a nossa vida e salvação, nada mais, nem "super homens" que só não voam, pois o de resto parecem fazer.
    "Sola Fide", nada de amuletos nem de mini-feitiçarias evangélicas de poder nas palavras; "Sola Gratia" é suficiente o demais é deficiente e afronta contra Deus; Sola Escriptura" e esta é inspirada não o livro pseudo-inspirado de um falsário qualquer que somente visa o lucro fácil, levando o povo para o caminho da fornicação espiritual com o orgulho.
    Finalmente, porque a igreja Invisível, não pode ser tocada e o número dos eleitos é tão certo e não se pode mudar e esse não serão enganados "Soli Deo Gloria"

    ResponderExcluir
  5. Recebi o email com os comentários deste programa q foi levado ao ar. Mas simplesmente não cabe á mim nem á ninguém julgar o estes senhores. Se vcs acham q são enganados sendo pastores e reverendos, ousem mais, pois o Espirito Santo de Deus foi dado para nos consolar, nos trazer entendimento, dicernimento e revelação da verdade. Pois bem peço para q orem á Deus pedindo confirmação á ele através de seu Santo Espirito, se o q estes senhores falaram em rede nacional é verdadeiro ou não.

    Fiquem na Paz e q o Senhor nosso Deus possa falar ao coração de cada um de vós.

    ResponderExcluir
  6. Prezado Rev. Alessandro,
    fique à vontade. Precisamos continuar sadios mentalmente e doutrinariamente para lutarmos pela fé sadia e que conduz à vida eterna.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  7. Prezado Rev. Geremias Vale,
    Suas colocações são irretocáveis e precisas. Fazem coro com as daqueles que já se enojoram de tal palhaçada em nosso meio. Tais posturas assumidas por tais propagadores da Teologia da Prosperidade realmente tem imunizado os cristãos contra o verdadeiro evangelho. Somente prestam um desserviço para o Reino de Deus. Creio que as doutrinas da Graça serão o sustentáculo da igreja nos próximos anos diante do ainda está por vir.
    Um forte abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  8. Prezado irmão "eclip",
    fica difícil considerar suas palavras, pois, esse codinome é irreconhecível. Mas diante do que disse gostaria de ponderar algumas coisas: 1 - Se não cabe a ninguém julgar o que foi dito no programam, então, a igreja está à deriva, pois, os erros entrarão e sairão ao bel prazer dos hereges e lobos travestidos de ovelhas. 2 - Essa postura de não julgar ou criticar nada é alheia ao Evangelho de Cristo, pois, o próprio Cristo o fez em diversas circunstâncias e o fez com veemência. Paulo o fez também inclusive citando nomes daqueles que perturbavam o rebanho do Senhor e o próprio Senhor Jesus manda julgar em Jo. 7:24. 3 - Quando você diz que se nós pastores e líderes nos sentirmos enganados deveremos confiar no E. Santo... Então você não se sente enganado e vilipendiado? Não se sente envergonhado dessa nojeira exposta pela TV.? Se não então acredito que já foi cooptado por essa doutrina expúria da teologia da prosperidade e já está totalmente enredado por suas teias. Mas quero acreditar que sua postura é somente a de um cristão que ainda não consegue discernir algumas coisas e tem medo de pecar declarando uma postura sadia diante da vida. 4 - Quanto a orar pedindo a Deus discernimento sobre tais assuntos, acho desnecessário, pois, o mesmo Espírito Santo nos deu a Palavra para por meio dela detectarmos tais descalabros e enganos, para que possamos achar o equilíbrio e denunciarmos o mal.
    Mas tenho que lhe agradecer sua visita ao blog, bem como seus comentários. Embora não concorde com eles, eles enriquecem este espaço de reflexão. Somente nas diferenças poderemos alcançar o termo médio. Deus o abençoe ricamente juntamente com sua família.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  9. Pr. Luiz Fernando,
    Assisir o programa e testemunho que sentir a presença de Deus na minha casa, quando parei para ouvir o que a mensagem.E a semente ficou plantada em meu coração e eu creio que Deus fará maravilhas através da vida daquele homem. Não compararei ele com outros, nem menos julgarei seus atos, pois isto é de responsabilidade de Deus.
    Fique na Paz e deixe que o Espirito Santo fale ao seu coração.
    Celina

    ResponderExcluir
  10. Prezada irmã Celina,
    entendi perfeitamente suas colocações. Gostaria de ponderar algumas coisas:
    1 - Sentir a presença de Deus nada quer dizer. Se nós nos baseamos no sentir estamos embasados em areia movediça, pois, sentimentos mudam rapidamente. O que é preciso ser praticado e colocar os ensinamentos que ouvimos à luz da Palavra de Deus. Aí sim teremos uma base sólida para nos sustentar. Sentir somente é algo infantil e não serve de base para julgarmos nada nesta vida. Quantas vezes sentimos algo não confortável em relação a alguém e quando passamos a conviver com tal pessoa tudo muda.
    2 - Julgar é responsabilidade de todos nós seres humanos, pois, se assim não for tudo será verdade e não haverá erro a ser questionado. Existe sim o certo e o errado, o verdadeiro e o falso, o honesto e o desonesto. Querer jogar essa responsabilidade para Deus é abdicar de uma faculdade importantíssima dada por Deus mesmo ao homem.
    3 - Quanto ao Espírito Santo falar ao meu coração isso Ele tem feito diariamente. O principal disso tudo é esse mesmo Espírito Santo não vai contra o que o Ele mesmo inspirou, ou seja a Palavra de Deus. Ele nunca ultrapassa essa Palavra ou mesmo fica aquém dela. Ele fica na Palavra.
    No mais fico feliz em a irmã ter entrado no blog e opinado. Isso somente o enriquece.
    Deus a abençoe ricamente e lhe de saúde sempre.
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  11. Caro Pr Luiz.
    Graça e paz de nosso Senhor e Salvador Jesus.
    Colocarei esta postagem em meu Blog, se não se importa.
    Infelizmente, fico surpreso ao ver como Satanás, se infiltra no meio do povo de Deus.
    Em II Coríntios 2:14-17 fala como nosso ministério deve ser puro e agradável a Deus. E no verso 17 não devemos estar mercadejando a palavra, como estão tantos outros. O preço já foi pago por Cristo, e não devemos cobrar de nada que vem de Deus. Triste que são muitos que não agem assim.
    Grande abraço.
    Pastor Vanir

    ResponderExcluir
  12. Prezado colega Pr. Vanir,
    fique à vontade em duplicar a postagem. Isso ajuda o povo de Deus em relação à verdade. O colega está repleto de razão. Hoje temos visto o ministério perder seu vigor e credibilidade. Dá vergonha em dizer que somos pastores quando outros agem de forma indevida em nome de Cristo. O que vimos no último sábado somente denigre a imagem do ministério.
    Deus o abençoe ricamente e que não lhe falte unção do alto em seu ministério.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  13. Causa me grande tristeza saber que um programa de grande audiencia produzido por pessoas que poderiam fazer a diferença na vida de muita gente pois suas personalidades são influentes, usam um tempo precioso na TV para enganar o povo. E o verdadeiro evangenlho e a cruz ondem estão??? Deus te abençoe pastor Luiz.

    ResponderExcluir
  14. Querido Pr. Luiz Fernando,

    Primeiramente, admiro a sua paciência em ter visto o programa inteiro (ou grande parte). Confesso que para mim um herege eu até aguento por uns minutos, mas dois juntos por 40 minutos eu já não suporto mais.... rsrs

    Mas, claro, alguém tem que fazer o trabalho duro de analisar tintim por tintin o que os falsos profetas fazem pelo tilintar das moedas, e nisso o senhor foi brilhante. Além de ser a primeira análise que eu vi publicada (favoritei para lê-la depois), foi a mais detalhada e bem fundamentada, razão pela qual peço sua permissão para republicá-la no meu blog, dando-lhe o devido crédito.

    Agradeço a Deus pela sua vida, Pr. Luiz Fernando, e peço a Ele que cubra de bênçãos seu ministério, sua vida e a dos seus queridos.

    Em Cristo,

    Hélio

    ResponderExcluir
  15. Prezado irmão Hélio,
    é um prazer ter o texto publicado em seu respeitado blog. O que nos resta é seguirmos conscientes da presença e da obra do Senhor. Deus o abençoe ricamente.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  16. Uma vez Martinho Lutero disse ao papa "Se o papa tem poder para livrar todos do inferno porque nao faz isto de graça"
    Eu refaço a pergunta ao Malafaia e ao Sr. M. Murdock " Se você tem o poder de "liberar" o milagre, por que nao faz isto de graça para a gloria de Deus"

    ResponderExcluir
  17. Hermes P. Santos6 de abril de 2010 17:05

    Prezado Rev. Pr. Luiz Fernando,

    Graça e Paz.

    Mais uma vez a verdade se mostra em sua nudez, para além das vestes da fantasia. Não descuro a fantasia, ela tem seu valor para ilustrar, estetizar para a compreensão do homem simples algo que é árido para o intelecto. Mas quando se trata da verdade religiosa, a fantasia não presta lá muito ajuda. Atrapalha mais do ajuda. Desta vez, a máscara de Silas Malafaia e seus "friends" não caiu efetivamente, apenas mostrou-se como o que é: "máscara" (hipocrisia religiosa).
    A defesa de suas atitudes pelos "fãs", "seguidores", "simpatizantes", etc. não esconde o fato irretorquível de que ele abdicou da graça há muito tempo. Agora, trata-se apenas de, desesperadamente, diante da crítica que começa a se avultar, promover a "colheita" (do dinheiro dos incautos) o quanto antes. As "profecias" não vão parar, a despeito de serem desmascaradas por cristãos sérios; antes, vão assumir formas mais suaves talvez. Não! Trem descarilando não para; só termina seu curso com colisão!
    Infelizmente, a glorificação e culto da personalidade é o que sustenta tais pessoas e, cheios da glória mundana, voam para a atmosfera com a leveza do balão que, não suportando a pressão do ar, simplesmente estoura. O resultado já sabemos como será.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  18. Prezados irmãos do Projeto Vida Feliz,
    essa tristeza também é a minha. Um meio de comunicação tão poderoso como a TV usado para estes fins é algo horroroso. Mas não lutamos contra carne e sangue e no mundo espiritual tudo é feito para que ocorra os desvirtuamentos.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  19. Prezado irmão Andreilson,
    muito bem lembrado sobre Lutero. Estes seguem o mesmo caminho seguido pela igreja da Idade Média. O comércio do espiritual virou mania. A usura tem imperado. Esquecem que de graça receberam e de graça devem dar. Obrigado por visitar o blog
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  20. Meu preclaro irmão Hermes,
    a vacuidade externada por tais pessoas somente aponta para a verdade que o apóstolo Paulo disse que o deus deles é o próprio ventre. Para tais mercadores da fé não importa a vergonha, a verdade, a consubstanciação da Palavra e sim seus próprios interesses. Vejo a má formação teológica como um dos principais problemas dessas pessoas. Interpretam a Bíblia do jeito que querem e depois se dizem profetas de Deus. Deus nunca vai contra Sua Palavra. Você muito bem lembrou que trem descarilando somente para contra outro obstáculo. Os estragos serão enormes e quem pagará a conta será o remanescente fiel.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  21. O que temos que entender é que Esta é a maneira que o cara escolheu para ganhar dinheiro. Nada de mal nisso. Nao existe lei contra o que ele faz, portanto é um BUSINESS. Simples assim.

    Se os evangélicos nao estao satisfeitos com o fato dele usar a religiao como negócio, entao CABE AOS EVANGÉLICOS impedí-lo, assim como o CRM impede um mau médico, a OAB corta um registro profissional, etc.

    Os evangélicos é que sao os bobos nessa história.

    ResponderExcluir
  22. Prezado irmão Emanuel,
    você tem toda razão. Como sempre suas colocações são muito lúcidas. Realmente fizeram da Palavra um grande BUSINESS, daí agirem como executivos e não como pastores. Na história da igreja sempre houve gente que se comportou assim e agora não será diferente. Quando comento tais assuntos neste espaço virtual é a minha maneira de tentar impedir como você bem disse. Judas escreveu em sua carta V. 4 que deveríamos batalhar pela fé que uma vez foi entregue aos santos. Hoje mais do que nunca isso precisa ser feito com ousadia. Este tipo de comportamento apresentado por tais mercadores da fé somente fortalece a verdade de que se existe um erro tão grotesco como esse é porque permanece a Palavra como padrão da verdade.
    Um grande abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  23. E pensar que Sr. M. Murdock é apresentado como o pastor mais sábio dos EUA.

    ResponderExcluir
  24. Pr Flavio Amorim8 de abril de 2010 14:20

    AS minhas singelas palavras em relação a esta ofensa a cruz do meu Salvador, são as do Bóris: " isso é um vergonha".
    Espero em Deus pastor Luiz, que o Senhor Jesus vai varrer a casa e tirar toda esta sujeira.
    Que Deus tenha misericordia de nós.

    ResponderExcluir
  25. Prezado colega Pr. Flávio,
    realmente o Boris tem razão: "É uma vergonha". Muito Bem lembrado. A Palavra nos diz que o juízo começa pela casa de Deus. Deus a de operar entre seu povo na hora certa e que Ele tenha misericórdia de nós e nos encontre fieis até aquele dia.
    Um forte abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  26. Adriana Marques S Paulo9 de abril de 2010 08:15

    Caro pastor Luiz, não sei falar bonito como muitos se expressaram aqui. Mas gostaria de registrar meu desapontamento quanto há tudo o que estão fazendo com o evangelho, não é o mesmo em que conheci ainda na infância. Não assisti todo o programa tamanha a minha indignação. Por outro lado lembro-me de que está escrito que tais coisas e outras aconteceriam. Mas deveríamos erguer nossos olhos pois estas coisas indicariam que nosso encontro com o querido Senhor estaria próximo.
    Deus preserve em nós a sua bendita graça. Adriana Marques - S Paulo.

    ResponderExcluir
  27. Prezada irmã Adriana,
    agradeço sua visita ao blog e seu comentário que faz coro com outros que se indignam com tamanha desfaçatez. Isso realmente nos comove porque Cristo não veio para estes fins e com esses comportamentos somente banalizam a Palavra. Fica cada vez mais difícil pregar o evangelho por causa desses lobos travestidos de ovelhas. Que Deus nos ajude a permanecermos fieis aos Seus princípios.
    Um abraço
    Em Cristo

    ResponderExcluir
  28. 17 E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles.

    18 Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e, com suaves palavras e lisonjas, enganam o coração dos símplices.(Rm 16,17-18).


    14 Pelo que, amados, aguardando estas coisas, procurai que dele sejais achados imaculados e irrepreensíveis em paz

    15 e tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor, como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada,

    16 falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição.(2Ped 3,14-16).

    Se Martinho Lutero tivesse sido fiel a Sagrada Escritura e tivesse posto em pratica as orientaçãoes de Paulo e Pedro, talvez hoje não tivessemos que nos deparar com tudo isso que esta acontecendo. Ah, Lutero se voce pudesse ver o estrago que voce causou ao Corpo de Cristo, talvez preferiria não ter nascido, ou então teria feito o mesmo que Judas Iscariotes fez quando tomou consciência que havia traido o seu Senhor. Judas traiu o seu Senhor por 30 moedas de pratas, e Tu por quantas moedas traiste o seu Senhor, negligenciando a sua oração naquela ceia derradeira.

    "20 Eu não rogo somente por estes, mas também por aqueles que, pela sua palavra, hão de crer em mim;

    21 para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu, em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

    22 E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.

    23 Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim e que tens amado a eles como me tens amado a mim.(Jo 17,20-23)

    Lutero com a tua rebeldia crucificaste novamente o autor da vida, dividindo o seu corpo em mais de 30.000 partes.

    "MARANA TA... Vem senhor Jesus!!!"

    ResponderExcluir
  29. Pr. André L.S. diz:

    Pr. Luiz Fernando, fico admirado pelas informações descritas, e em nada eu o repreendo, ao contrario, estou de pleno acordo, e ao mesmo tempo me entristeço por haver ainda nos dias de hj leigos cristãos, lideres de igrejas etc. q se deixam levar por essas mentiras mercandejantes da palavra de Deus. com certeza esses não conhecem em nada sobre a historia da igreja, sobre as indulgências e etc. e não percebem que só mudaram o nome de indulgencias para a "necessidade do ser humano" e é o que eles fazem, sabem que a maior necessidade do homem é a prosperidade financeira, e por desejar tanto uma mudança nessa área, não observam o tamanho da mentira que usam com o nome de Deus. "Deus agora se tornou servo de muitos profetas por aí" e não mais Senhor.
    Quanto ao julgamento; é outro leigo que deve estar passando por uma grande necessidade financeira. Por que, julgar o que é errado nunca será um julgamento mais sim um pedido de alerta para que muitos dentro do assunto proposto não venham ser enganados... Jesus e Paulo não tinham nenhum medo em julgar e nem se opor nos cominhos dos que queriam prostituir, tirar proveito com a palavra de Deus para se auto beneficiarem, querem um exemplo maior que de João Batista?...

    fico por aq Pr. Luiz Fernando e que Deus continue levantando vozes como a do Senhor para proteger o evangelho de Jesus Cristo.

    ResponderExcluir