17 julho 2017

SATANÁS ESTÁ VENCENDO?

Por mais que ouça pregações onde a vitória de Cristo seja anunciada. Por mais que leia em postagens nas mídias sociais que a vitória de Deus está chegando para nós, mais eu me convenço que aparentemente Satanás está vencendo. Que os propósitos do Reino de Deus estão sendo adiados ad aeternun.
Resultado de imagem para figuras de vitoria de jesus sobre satanas vencendoSatanás vence quando o crente se afasta da sua igreja local e deixa de colaborar para o seu crescimento. Tem aumentado o número de cristãos nominais que somente se dizem, mas nada fazem para o crescimento do Reino de Deus. Vivemos uma pervertida tendência de cristãos acreditarem que a vida cristã sadia pode ser vivida sem a comunhão dos santos em uma comunidade local de fé. Estão convencidos que o culto público é dispensável e secundário. Estão há anos sem participarem da Ceia do Senhor e isso não lhes incomoda. Pecam grotescamente por deixarem de cumprir esta ordenança do Senhor Jesus. O descompromisso com a igreja local leva a não se alimentarem da Palavra. Vivem uma subvida espiritual e se acostumam com isso como se essa fosse a normalidade. Tornam-se desnutridos espiritualmente e se convencem que fraqueza e derrota na vida cristã são tudo o que possuem. Desconhecem completamente os tesouros da Palavra e são presas fáceis de Satanás. Quando confrontados se estão desviados dizem em alto e bom som que não. Cauterizaram suas mentes e consciências de tal modo que se tornaram impermeáveis as coisas do Espírito. Não mais se incomodam com a vida da igreja local. Sentem-se como não participantes dela e vivem uma plena indiferença. Muitos estão afastados dentro de igrejas. O primeiro sinal disso é quando passam a se assentar nos bancos de trás. É uma demonstração clara que não querem se ver rodeados de irmãos.
Satanás vence quando a Palavra não mais permeia a vida do cristão. Parece que temos uma casta de cristãos impermeáveis a Palavra de Deus. O apóstolo Paulo disse em II Tm. 3:7-9
7 Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.
8 E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.
9 Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario, como também o foi o daqueles”.
Que constatação terrível essa que Paulo diz sobre certos tipos de homens. Deveríamos encontrar tais homens fora da igreja, mas creio que se aplica ao de dentro. Aprendem sempre e nunca chegam ao conhecimento da verdade, porque resistem à verdade. Tornam-se impermeáveis e a Palavra deixa de entrar em suas vidas para provocar mudanças. Lembro-me do que Judas disse em sua carta vers. 12,13 “...são nuvens sem água, levadas pelos ventos de uma para outra parte; são como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas;
13 ...estrelas errantes”.
Sim são nuvens sem água levadas por uma e outra parte e que deixaram de manifestar obras de justiça, são estrelas errantes que perderam seus brilhos como meteoritos.
Por serem impermeáveis à Palavra, tornaram-se insensíveis aos apelos do Espírito Santo. Não mais escutam a voz do bom Pastor e nem a reconhecem que ela é enunciada. Assim Satanás esta vencendo.
Satanás está vencendo quando cristãos passam a orar como profissionais da religião. Quando cristãos oram sem crer que Deus responderá. Suas orações são manifestações externas de corações frios e indiferentes. Não conseguem, em suas orações, fazer mais do que alcançar alívio psicológico. Perderam a alegria de entrarem na doce comunhão com o Pai e desfrutarem aquilo que Davi disse nos Salmos 16:11 “Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente”.
Davi ressalta que na comunhão com Deus encontrava farturas de alegrias e delícias perpetuamente. Satanás vence quando convence o cristão que a oração é algo cansativo e improdutivo, que não adianta orar porque este ato expressa somente palavras ditas ao vento. Sim Satanás está vencendo por a igreja esfriou sua vida de oração. E sem oração não há poder capaz de vencer o mal. Sem oração a vida fica vazia do fluxo celestial que alimenta e da vida ao corpo.
Satanás está vencendo porque roubou do cristão o real significado do Evangelho e como consequência a evangelização vem fracassando. Os membros das igrejas, em boa parte, não evangelizam mais e nem choram por aqueles que se perdem eternamente. A igreja só tem significado e importância quando sai de suas quatro paredes e vai para o mundo no poder do Espírito para levar as boas notícias de salvação. Satanás está vencendo porque conseguiu convencer um bom número de cristão que o Evangelho não é a única mensagem de salvação e que Cristo não é o único Salvador.

Parece-me que está sequência descrita aqui neste texto é o roteiro de morte escrito por satanás para vencer o povo de Deus. A sequência deste roteiro de morte cumpre seu papel. Afastamento da igreja; Vida impermeável à Palavra; Oração profissional e por fim perda do vigo evangelizador. Esta é uma combinação mortal e mortificante.

Mas o Espírito me faz lembrar que Ele ainda é o vivificador da igreja. Que Ele ainda não foi retirado do meio, mas atua para trazer vida novamente.
Ele me faz lembrar que ainda existem os 7000 que não dobraram os joelhos a Baal. Ele me faz lembrar que ainda vive um remanescente. O Espírito me lembra que mesmo que haja somente ossos secos ainda existe aquele sopro de vida que provem de Deus que pode gerar vida. Consigo ver nos céus aquela nuvem em forma de um punho prenunciando chuvas abundantes na seara do Mestre.
A vitória de Satanás é somente aparente, superficial, porque Ele morreu para ver o resultado de sua morte e este resultado inclui a igreja viva e vivificante.
Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá”.
A VITÓRIA É DO SENHOR JESUS.

SOLI DEO GLORIA NUNC ET SEMPER

Pr. Luiz Fernando R. de Souza