10 maio 2014

DEUS CRIOU ESPOSA PARA CAIM, ASSIM CRÊ UM PASTOR EM NOSSOS DIAS– DÁ PARA ACREDITAR?




DEUS CRIOU ESPOSA PARA CAIM, ASSIM CRÊ UM PASTOR EM NOSSOS DIAS– DÁ PARA ACREDITAR?

Vi este vídeo em um blog e não recordo qual foi, por isso não cito a fonte.
Ai não pude deixar de pensar em quanta bobagem é dita quando o conhecimento teológico, bíblico, histórico passa longe. Existem implicações teológicas profundas nesta afirmação a ponto de anular o plano de Deus para a humanidade. 
Vamos ponderar sobre algumas afirmações do autor do vídeo.
Não vou tecer comentários sobre pessoas, pois estas merecem nosso respeito e aqui o objetivo é comentar sobre ideias. Estas sim podemos concordar ou discordar.

1 - O autor do vídeo afirma que existem 3 teorias sobre as mulheres de Caim e Abel, mas na realidade existem quatro e a quarta que não foi mencionada é mais correta porque tem fundamentação bíblica. Em Gn. 6: 4 a Palavra afirma queE foram os dias de Adão, depois que gerou a Sete, oitocentos anos, e gerou filhos e filhas”. 
Qualquer estudante do primeiro semestre de um curso de teologia, e não precisa ser dos melhores, sabe que a Bíblia quando trata de genealogia somente cita nomes de homens, observando uma prática das culturas da época. Em qualquer genealogia não encontramos nomes de mulheres, porque isso não fazia parte do costume da época. Assim sendo, a Bíblia nos informa somente sobre homens e suas genealogias. Então Deus não precisava criar mulheres para Caim e Abel, pois Adão e Eva já haviam feito isso. Fica a pergunta: “Irmãos casavam com irmãs, primos com primas etc.?” A Reposta é um sonoro sim. Para cumprir a ordem de multiplicar e povoar a terra esse era o método normal e não havia outro que pudesse substituir. O problema de casamentos entre parentes e a consequente geração de filhos com possíveis problemas não remonte aos primórdios da história da raça humana, mas é bem posterior a isso.

2 - Quando estudamos teologia e isso não é conhecimento oculto somente para os sábios e suprassumos do saber, mas está ao alcance de todos, aprendemos que Deus trabalhou na criação até o 6º. Dia e depois descansou. Isso implica que Ele não mais criou coisas ou pessoas imediatamente, pois isso havia terminado com a criação do homem. Daí para frente Deus continua Deus criador, não mais imediatamente, mas mediante aquilo que foi criado por Ele, ou seja, Deus continua criando homens e mulheres através de seus pais, continua criando as ervas do campo através do polinização. Então o Criador nunca criaria mulheres para Caim e Abel fazendo-os dormir e tirando destes suas companheiras como fez com o primeiro casal.

3 - Deus não poderia criar esposas para Caim e Abel conforme crê o pastor do vídeo. Deus na concepção do autor do vídeo pode fazer qualquer coisa indiscriminadamente. A onipotência de Deus está limitada pela sua própria natureza. Assim sendo, ele não poder fazer aquilo que vai de encontro a sua natureza como: pecar, mentir, negar a si mesmo, criar uma pedra tão pesada que Ele não consiga carregar, criar um círculo quadrado ou uma água seca. Então essa concepção que Deus pode fazer tudo indiscriminadamente é infantil e enganosa. Assim sendo, Deus nunca poderia criar esposas para Caim e Abel, pois se tivesse feito estaria quebrando seu descanso e mesmo introduzindo na raça humana mulheres ou seres humanos sem pecado, ou seja, as prováveis mulheres criadas por Ele para Caim e Abel não participariam da natureza pecaminosa de Adão e ai seriam sem pecado, podendo neste caso, não pecar
Vamos especular um pouco. Se tivessem sido criadas tais mulheres e estas soubessem do horror e tragédia do pecado, poderiam optar por não pecar. Se isso acontecesse tais mulheres não precisariam de um Salvador e portanto a morte de Cristo na cruz não as alcançaria com seus efeitos benéficos. Seriam seres na condição primeira de Adão e Eva vivendo em um mundo contaminado pelo pecado não precisando de serem salvos. Dia concluirmos que Deus nunca criaria diretamente mulheres para Caim e Abel, pois estaria negando seu plano eterno que implicaria na morte de Cristo pelo ser humano pecador. Portanto, todos os seres humanos após Adão e Eva nascem pecadores e por isso pecam e daí necessitarem de um salvador que é Jesus Cristo.

4 - Adão e Eva foram os representantes da raça humana e o que eles fizeram de errado no Éden foi imputado/repassado para todos os seus descendentes. Dentro do plano de Deus este nunca poderia ter perdoado o homem como um ato de sua soberana vontade, como se dissesse após o pecado: “Eu perdoo vocês pelo pecado cometido”. Não poderia fazer isso porque a ofensa dos primeiros pais humanos implicava em ter de cumprir a justiça de Deus para se alcançar a salvação, e isto foi conseguido na pessoa de Cristo que exerceu a obediência passiva e ativa, sem a qual nunca haveria salvação para ser concedida ao homem. Assim se houvesse criação de seres após o pecado, o plano salvífico de Deus seria anulado e este seria um ser frustrado porque não haveria outro plano de salvação a ser realizado, porque haveria seres humanos sem pecado andando pela face da terra, desconhecedores da vileza do pecado e ao mesmo desconhecedores da graça salvadora de Cristo. Este plano de salvação implica na vinda, morte e ressureição de nosso Senhor Jesus Cristo. Sem isto não há salvação para o homem.
Gostaria de tecer mais alguns comentários, mas deixo isso para outros que queiram aprofundar um pouco mais nestas questões.
Vale o alerta que Tiago nos diz em sua epistola: Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo”. Tg. 3:1

Soli Deo Gloria

Pr. Luiz Fernando R. de Souza

30 comentários:

  1. Bom dia Luiz!! Continua sendo um excelente historiador e teólogo. Parabéns pelo seu Blog! Um grande abraço, fraternalmente em Cristo, Cássio Miranda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado colega Pr. Cássio,
      agradeço suas palavras de incentivo e carinho. Espero vê-lo mais vezes aqui no blog.
      Um abraço
      Em Cristo

      Excluir
    2. Meu irmão a paz do Senhor gostei de sua palavra e isto mesmo que voce diz, Deus abençoe a sua vida amado

      Excluir
  2. Este lucinho não conhece teologia deveria se ater aos encontros de Xuxa. Da vergonha o cara ser Batista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado colega Pr. Adilson,
      essa carência de teologia é uma tendência e isso não se reverterá no curto prazo, pois tais pessoas não aprenderam a gostar de teologia. Acham que podem dizer o que quiserem que todo mundo aceitará acriticamente. Uma pena!.
      Um forte abraço
      Em Cristo

      Excluir
  3. Quando a Bíblia diz "meu povo perece por falta de conhecimento" Os 4:6
    Uma multidão de pessoas que não estudam a bíblia e que "engoli" estas teorias anti-bíblicas. Pr Roney Silveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado colega Pr. Roney,
      realmente o colega tem toda razão. Nunca tanta baboseira foi dita em tão pouco tempo por aqueles que se dizem instrutores da Palavra. Que o Senhor se apiede de nós.
      Um abraço
      Em Cristo.

      Excluir
  4. sinceramente o acho muito vazio, estrela errante, nuvem sem chuva como diz Judas. e tem muita gente atrás desse sujeito ele arrasta multidões de desavisados que vivem em busca de profetas segundo suas próprias preferencias é só isso.

    Volta pra bíblia Gente!!!

    ResponderExcluir
  5. É muita piração. Mas, tem explicação: ele não lê a Bíblia, só CHEIRA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado colega Pr. Joelson,
      creio que são efeitos colaterais de vidas descentralizadas.
      Um abraço.
      Em Cristo.

      Excluir
  6. Quando permitimos as escrituras interpretar a si mesma, os nossos olhos são abertos para as respostas simples, mas honestas que estão lá antes de nós.

    Leia: http://www.opregadorfiel.com.br/2010/01/com-quem-caim-se-casou.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado colega Pr. Aldenir, sua colocação é irretocável. Li seu artigo e é muito bom. Parabéns.
      Um forte abraço
      Em Cristo

      Excluir
  7. Esse indivíduo não conhece nada de Bíblia. Ao que parece se fez pastor, pois não creio que qualquer igreja séria ordenaria alguém que fosse tão vazio e falto conhecimento teológico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado colega Pr. Lurdeo, não estranhe mas foi consagrado em um meio batista renovado. Mas como vários outros depois da consagração acredito que não tenha mais se interessado por teologia e áreas afins. Creio na sinceridade de tal pastor, mas não podemos esquecer que quando falamos representamos Deus para aqueles que nos escutam.
      Um forte abraço
      Em Crsisto

      Excluir
  8. PR.Geraldo Ruas
    eu só agradeço a Deus por ele esta sempre abrindo os meus olhos, parabéns pastores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido colega Pr. Geraldo,
      Deus o abençoe sempre com saúde, graça, discernimento e poder do alto.
      Um forte abraço
      Em Cristo.

      Excluir
  9. Olá, Pr. Luiz Fernando!
    Tenho recebido os e-mail's de seu blog e aprecio a coerência na exposição de suas opiniões bíblicas. Não me assusta o fato de existirem pastores e líderes evangélicos que arvorem expor seus conhecimentos equivocados acerca da Palavra. O que me assusta é o fato do povo de Deus honrar tais homens. Estamos precisando pessoas que amem a Palavra e a estudem. Estamos precisando incutir tal motivação em nossos rebanhos. O ouvido do rebanho precisa se ficar mais crítico em relação a tais afirmações fantasiosas, que, hoje, garças ao Youtube, estão se popularizando entre o povo de Deus. Um abraço e continue postando suas opiniões muito apreciadas por muitos, inclusive eu, em seu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido colega Pr. Alexandre,
      sua visita ao blog somente o enriquece. Faça isso mais vezes. Creio que aqueles que amam estudar a Palavra fazem parte dos 7000 que não dobraram os joelhos a Baal, pois são minoria. Por excelência o pastor deveria ser um apaixonado pela Palavra e deveria instilar isto nos membros de suas igrejas, mas não acontece com frequência. O povo acredita naquilo que ouve porque jogou a mente no lixo em nome de uma preguiça mental que acredita que o outro vai interpretar o texto corretamente para ele. Realmente precisamos deixar as coisas fantasiosas de lado e cada vez mais nos firmarmos na rocha.
      Um abraço
      Em Cristo.

      Excluir
  10. Ele diz que "Deus criou Caim e Abel", quando estes foram "gerados" pela semente do casal Adão e Eva. Gn 4.1 diz que Adão "conheceu" sua mulher e ela "concebeu". Já começa aí o engano, corroborando sua palavra de que Deus "criou" e "descansou". Quem não tem estrutura teológica não deveria jamais se propor a responder perguntas, ainda mais quando elas são polêmicas!

    ResponderExcluir
  11. Que falta de bom senso na interpretação da Bíblia. Quando a Bíblia diz que Caim "conheceu sua mulher", simplesmente, quer dizer que ele teve relações com ela. Ele, ao ser expulso por Deus, já era casado, e foi para a terra de Node, que já era habitada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita ao blog. Pr. Elinaldo o que fica difícil é que isso é ensinado para milhares de pessoas que desavisadamente se alimentam dessa baboseira e acham que estão comendo comida boa. A afirmação do vídeo realmente adoece o povo de Deus. Falta mesmo bom senso.
      Um forte abraço
      Em Cristo.

      Excluir
  12. Pr. Luiz Fernando, parabéns pela bela explanação sobre o assunto. Pena que a grande maioria estão enveredando por caminhos tortuosos, desprezando a boa e velha exegese, que nos auxilia na compreensão das Sagradas Escrituras. Deus continue lhe abençoando. Sempre tenho sido agraciado pelas suas mensagens enviadas ao meu email. Obrigado. Pr. Lacerda - Igreja do Nazareno em Cabo de Santo Agostinho-Pe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido colega Pr. Lacerda,
      sua visita ao blog somente o enriquece. Agradeço suas palavras de carinho e incentivo. Realmente o desprezar a boa exegese somente traz confusão para a igreja, mas a grande verdade é que um número razoável de pastores desconhece as ferramentas da boa interpretação bíblica. Continuemos a lutar pela fé que uma vez foi entregue aos santos.
      Deus o abençoe ricamente.
      Um abraço
      Em Cristo

      Excluir
  13. Não conheço pessoalmente o nobre colega que fez tais comentários, Mas acredito também que precisamos sim de conhecimento para conduzir o nosso povo com liberdade e transparência no campo da teologia como também de outras ciências. Porem amados, não me sinto muito bem ao ver colegas com criticas tao afiadas, por que um outro colega escorregou, vacilou ou errou mesmo em uma exposição de um assunto que não é tão simples assim.Vejo que isso é reflexo de uma "igreja" sem graça e sem misericórdia. Queira Deus que tenhamos mais doutores no meio das igrejas, homens comprometidos,com a teologia e seu ensino, com a palavra e sua aplicação, com seus princípios e verdades. Mas que tais catedráticos não deixe faltar em suas vidas de tanto conhecimento, a graça, a misericórdia e o amor. Pr.Valdeir Alves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado colega Pr. Valdeir,
      Se o colega leu atentamente o texto do blog deve ter notado que no início disse: "Não vou tecer comentários sobre pessoas, pois estas merecem nosso respeito e aqui o objetivo é comentar sobre ideias. Estas sim podemos concordar ou discordar". Então não cabe dizer que falta graça, misericórdia e amor. A discordância é no campo das idéias e não no campo pessoal. Seguindo sua linha de ponderação teríamos de criticar o Senhor Jesus Cristo que foi duro com os religiosos de sua época, com Paulo que repreendeu Pedro face-a-face e em Apocalipse Cristo repreende as igrejas da Ásia Menor, por não ter demonstrado amor, graça e misericórdia. Não meu preclaro colega não critiquei pessoas. Ideias foram feitas para serem aceitas ou não e no caso vigente nunca deveria ser aceita, pois o que foi ensinado para milhares de pessoas, somente traz prejuízo. Para alguém que quer ser pastor ou mesmo se diz pastor cabe bem uma boa teologia e raciocínio e isso está em franco declínio na igreja. Amar não é concordar com tudo e todos. Já foi dito que a unanimidade é burra e quem pensa com a unanimidade não pensa.
      Um abraço.
      Em Cristo

      Excluir
  14. E ele se propõe a responder às dúvidas das pessoas sobre a Bíblia... É... No meio gospel é como no secular, o horário de tv poderia ser muito melhor utilizado com algumas trocas simples. Respeito a pessoa, sim, mas se ninguém contar pra ele que está errado e que tem que estudar mais, continuará semeando engano.

    Coincidência ou não, mais uma vez lembro que a Lagoinha, com sua influência, parece ter agilizado de forma descomunal a deterioração doutrinária das igrejas batistas renovadas do Brasil. Eu garanto que muitos dos pastores que viram esse programa acharam que aprenderam coisa útil, e anotaram para responder às dúvidas dos fieis na EBD.

    Senhor, tem piedade de nós!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado irmão César, realmente um tempo tão precioso dos meios de comunicação poderia ser utilizado com mais propriedade, mas temos uma geração não dada a reflexão e mesmo sem ideal algum, por isso fala-se qualquer coisa e tudo fica bem. Com certeza alguns pastores se alimentam disso que está no vídeo sem crítica alguma.
      Mas continuemos lutando pela fé que uma fez foi entregue aos santos.
      Um abraço
      Em Cristo

      Excluir
  15. Bom saudar o amado com a graça e paz e dizer que toda honra e gloria seja dado a Deus
    Mas gostaria de parabenizar, o querido Pastor por seus comentários que sem duvida foi de grande valia no que se refere O EXAMINAR AS ESCRITURAS , e hoje em dia isso tem se tornado artigo de luxo no meio cristão e isso é lamentável ,mas que Deus lhe de forças e um olhar de um verdadeiro Beriano ,nos tempos atuais
    Att Pr Alfeu Pimenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado colega Pr. Alfeu, você acertou em cheio. Falta-nos o princípio dos bereanos. A igreja, com algumas exceções, não gosta mais de Bíblia nem de teologia, o que dizer de filosofia, historia e outras áreas do saber? Que o Senhor se apiede de nós.
      Deus o abençoe ricamente.
      Um abraço
      Em Cristo.

      Excluir