08 abril 2018

PROFUNDA TRISTEZA

Acometeu-me profunda tristeza a prisão de Lula. Não porque ache que ele seja inocente, mas porque é um ex-presidente da nação brasileira, que por 8 anos governou o país e termina preso. Entristeceu-me o grau de corrupção que se instalou no país e a grande vergonha que trouxe para todos nós. Ao invés de haver uma polarização - contra e a favor - deveria ocorrer um lamento nacional pelo estrago feito e seus reflexos. O país dormirá mais pobre por um lado e mais rico por outro. Pobre porque um representante máximo do povo brasileiro foi preso por corrupção e rico porque a justiça se fez valer. Este é um grande momento para um repensar sério de toda malha social, moral e ideológica. Grande momento para a igreja acordar para o fato que o mal campeia solto na sociedade e ela está inerte e inoperante. Está preocupada consigo mesma e se distanciou tanto da Palavra e da sociedade, tornando-se descartável. Sim, estes são momentos de grande tristeza. Poderíamos estar em outro nível como país, mas ainda andamos claudicantes diante de um baixo padrão moral e ético, aceitando uma esquizofrenia social altamente perversa como normal. Lembro-me da Palavra: "Despertar tu que dormes e Cristo te esclarecerá". Deus tenha misericórdia do nosso querido Brasil.
Belo Horizonte, 07/04/2018 às 10H25.

4 comentários:

EU NÃO PRECISO DE UM AMIGO TANTO QUANTO PRECISO DE UM PROFETA

  Costumo dizer que em toda nossa vida não conseguiremos adquirir amigos suficientes para preencher os dedos de uma das mãos. Vivemos em uma...